Olá amigos,



A Glass traz novamente nesta sexta-feira, dia 16 de setembro, uma Festa elegante e feita com muito requinte, a "Sliding Party"!

Tudo o que acontecerá dentro da casa é surpresa, mas como a tradução do nome diz, você pode imaginar a loucura - isso mesmo "festa do deslizamento/patinação e você poderá participar também! 

O resto só indo mesmo para saber e curtir.

Vale lembrar que este projeto do Clube Glass em algumas sextas-feiras é para um público selecionado e que tem 25 anos ou mais.

Para você que é meu convidado especialíssimo, além de estar recebendo este convite totalmente VIP, (RSVP para o email angelaresta@hotmail.com até as 19:00 de sexta-feira), são convidados, totalmente VIPs também para uma deliciosa degustação no "eat lounge" da Glass das 23:00 às 24:00 e saborear "comidinhas deliciosas" que só o Grupo Glass tem, mas para isso é preciso chegar às 23:00. 

Estou com saudades de todos meu amigos, afinal voltei da Europa há pouco tempo e gostaria de revê-los nesta Festa elegante e selecionada que estou promovendo com muito carinho.

Te vejo lá!

xoxo


LOJA BARACCAT


Finalmente consegui o lôgo da loja dos meus primos e segue toda informação na página "moda e viagem", give a look!





Contato: 3381.0877 / 3381.5075








SOCIAL




Raquel Baracat numa tarde Mary Kay com
Cristina Cipriano (crispcipriano@yahoo.com.br)
- representante da marca e minha super amiga


Nesta foto, Raquel Baracat, vestindo Loja Lima Limone (Av. Barão de Itapura, 


2935- Taquaral) e corte de cabelo por Beto e unhas por Adriana - Valentino's 

Cabeleireiros (Rua Antonio Lapa, 901- Cambuí)


Numa deliciosa tarde fui conferir as novidades da Mary Kay na casa de minha 


amiga Cristina Cipriano!



SOCIALITES CRIAM BLOG PARA REVENDER

 BOLSAS DE GRIFE USADAS



Arrependidas, endividadas ou endinheiradas em busca de espaço no guarda-roupa acharam a solução para seus problemas.

 Com a ajuda de um blog criado por um trio que conhece bem sua clientela, é possível vender desde uma bolsa Chanel "básica" por R$ 2.200 até uma Birkin de couro de crocodilo por R$ 53 mil.

 Socialites compram as peças de segunda mão e comemoram o bom negócio. Há três meses no ar, o pegueibode.com foi criado numa madrugada pela empresária Daniela Carvalho, de 26 anos, a estudante Gabriela Carvalho, de 20 anos, e a advogada Flávia Eluf, de 42 anos.

 Daniela e Gabriela são irmãs, e Flávia é madrasta das duas. Os primeiros produtos à venda eram das idealizadoras. "Não aguentava mais olhar para um sapato Christian Louboutin, presente de uma pessoa de quem peguei o maior bode", conta Flávia. O trio fez o primeiro post e o divulgou no Facebook. 

No dia seguinte, o sapato e outra sapatilha já estavam vendidos. O boca a boca fez o restante e, em pouco tempo, a página acumulou 20 mil visitas diárias. O trio fica com uma comissão, que varia de 15% a 20%, e doa 1% para o Educandário Dom Duarte, tocado pela sogra de Flávia. 

Os preços, definidos pela dona da peça, nem sempre ficam abaixo do valor original, se tiveram pouco uso ou são da coleção atual da grife, por exemplo. "Recebemos peças com etiqueta, caso da Birkin de crocodilo", afirma Daniela. "Só vendemos produtos de amigas, para não repassar falsificações", garante Flávia. 

Antes de completar o primeiro trimestre, o site virou empresa. E deve crescer: ganhará novo layout e ferramentas que permitam a compra com cartão de crédito. Hoje, as transações são feitas via depósito em conta. O nome também já foi registrado e elas se apressam para profissionalizar o negócio e não perder nenhuma venda. 

Entre as marcas mais cobiçadas pela clientela, estão Chanel, Céline e Balenciaga. A regra do trio é não dizer quem são as compradoras e as vendedoras, mas, quando a dona da peça é famosa (e desde que ela autorize), o nome pode ser revelado para turbinar as vendas. A empresária Donata Meirelles, a blogueira Lala Rudge e Marcella Tranchesi, filha da fundadora da Daslu, estão entre as que decidiram "praticar o desapego", como costumam escrever. "A Marcella vendeu umas 30 bolsas, quase todas Chanel. 



Raquel Baracat em defesa dos animais! 

Comércio de chifres de rinoceronte financia Al-Qaeda




Em 2010, foram abatidos 333 rinocerontes por caçadores furtivos na África do Sul, o dobro do ano anterior.

O tráfico de animais é, presentemente, uma atividade criminosa que rende cerca de 7 mil milhões de euros. Na categoria dos rendimentos de atividades ilegais, só é ultrapassado pelo tráfico de drogas e armas.

Os lucros ilícitos gerados pelo tráfico de animais são uma fonte de financiamento importante para milícias e grupos terroristas, entre os quais a Al-Qaeda.

Matéria enviada por Agnes Magalhães