Dica de Livros e Filmes

Dica de Livros

Espuma dos Dias -

Publicado em 1947, no contexto da euforia e da confusão da França pós-Segunda Guerra, “A Espuma dos Dias” (Cosac Naify, 256 pgs. R$ 49,90) é um desses romances que marcam uma época e ganham um significado que ultrapassa muito seus méritos estritamente literários. O próprio Boris Vian é um escritor indissociável de seu tempo: em sua curta trajetória (morreu aos 39 anos, em 1959), ele registrou em prosa e verso, letras de canções e peças de teatro a atmosfera de agitação intelectual parisiense e o universo simbólico que pautava os debates políticos e as transformações comportamentais e culturais em curso nas décadas de 40 e 50, sobretudo entre os jovens, ávidos por mudanças, dispostos a romper com as convenções e a inventar um novo futuro, tendo o jazz como trilha sonora. São inúmeras as referências a Duke Ellington e outros músicos do gênero, sobre o qual aliás Vian, ele próprio trompetista, escreveu centenas de artigos em revistas especializadas, como Jazz Hot e Jazz News..

 espuma dos dias

Marcado por um frescor quase adolescente, repleto de brincadeiras e jogos de linguagem, namorando com o surrealismo sem abraçá-lo totalmente, “A Espuma dos Dias” é um romance de afirmação da liberdade: nas relações afetivas e sociais entre os personagens, as barreiras de classe são destruídas e as práticas amorosas são reinventadas. Há amores para todos os gostos, sem hierarquia de valor: os puramente carnais, os platônicos, os loucos, os infelizes, os deseperados. Nas entrelinhas, Vian denuncia as condições de vida e trabalho que alienam os indivíduos de sua realização, amarrados que estão ao círculo vicioso do consumismo. Critica também a religião e seus laços já então crescentes com o dinheiro. Não sem motivo, o livro foi redescoberto e transformado em objeto de culto nos tumultuados anos 60, quando uma nova geração foi às ruas para protestar e quase derrubou o Governo.

Fonte: http://g1.globo.com/platb/maquinadeescrever/2013/06/30/1555/ 

 

Dica de Filmes - Diana

 diana
 luciana andrade

Luciana Andrade é Bibliotecária e Psicologa formada há alguns anos.. Atua na área de psicologia com consultório e no SOS Ação mulher e família como Psicologa voluntária . Cursou biblioteconomia por adorar os livros e assim ficou conhecendo mais profundamente a história literária. Através de filmes e livros consegue entrar em mundos reais, imaginários , fantásticos o que deixa o coração e a mente livres para conhecer , acreditar e principalmente sonhar.