Técnica All-on-4 – Rapidez e segurança em reabilitações totais fixas sem enxertos ósseos

Como discutimos nas colunas anteriores, a reabilitação total com implantes de pacientes com perda óssea avançada sempre foi um grande desafio para a odontologia. Nas técnicas tradicionais da implantodontia, para que seja possível instalar os implantes em arcadas com pouca disponibilidade óssea, é necessário realizar anteriormente a reconstrução destas arcadas através de enxertos ósseos. Esses enxertos ósseos, na maioria das vezes, devem ser removidos de áreas doadoras do próprio paciente, como da bacia ou do crânio. Além de desconfortáveis, essas cirurgias de enxerto aumentam muito o tempo de tratamento, que passa a ser de, no mínimo, 1 ano antes de se instalar os dentes fixos. Além disso, os enxertos totais de maxila  diminuem as taxas de sucesso do tratamento: implantes instalados em osso natural do paciente têm taxas de sucesso em torno de 97%, enquanto que implantes instalados em áreas enxertadas têm suas taxas de sucesso reduzidas para 80% em média. Apesar de todos esses fatos negativos, essa é a técnica utilizada ainda nos dias de hoje pela grande maioria dos dentistas que realizam esse tratamento com implantes.

 odontologia

A técnica All-on-4 foi criada e desenvolvida na Europa, e há mais de 10 anos vêm sendo utilizada e pesquisada mundialmente, com altíssimas taxas de sucesso relatadas em todos os estudos na literatura científica internacional. Temos grande orgulho de termos sido uma das primeiras equipes no Brasil a utilizar esta técnica, e hoje contamos com uma das maiores casuísticas mundiais neste tipo de tratamento: assim, nos tornamos referência neste tipo de procedimento. Esta técnica possibilita realizar o tratamento com implantes sem a necessidade de se realizar enxertos ósseos, através de algumas modificações nas angulações convencionais de instalação dos implantes. Com essas pequenas modificações, tornou-se possível eliminar os enxertos ósseos, e reduzir o tempo de tratamento de 1 ano na técnica convencional para 2 a 3 dias com a técnica All-on-4.

 

 odontologia

Além disso, na grande maioria das vezes é possível realizar a “Carga Imediata”, que é a instalação da prótese fixa logo após a instalação dos implantes. A realização da carga imediata é favorável em todos os aspectos, biológicos e emocionais, pois o paciente já recebe seus dentes fixos 2 a 3 dias após o início do tratamento, estimulando a cicatrização dos implantes, e favorecendo a formação de um osso de melhor qualidade ao seu redor. Para tanto, a Carga Imediata deve ser muito bem indicada pelo dentista, pois somente ele poderá definir no ato da cirurgia se será possível ou não realizá-la, através de medições da estabilidade primária dos implantes com instrumentos específicos para esse fim. Se bem indicada, a Carga Imediata é extremamente benéfica para o paciente e para os implantes. Se mal indicada, pode levar ao insucesso dos implantes e de todo o tratamento!

 

 odontologia

Existem 3 sub-divisões na Técnica All-on-4, que irão depender da quantidade de osso remanescente na maxila do paciente: quando a reabsorção óssea é de leve a moderada, utilizamos a técnica All-on-4 Standard. Quando a reabsorção é avançada, utilizamos a técnica All-on-4 Híbrida. E quando a reabsorção óssea é total, utilizamos a técnica All-on-4 Zigoma. A diferença entre elas, basicamente, é o tipo de implante utilizado. Na técnica All-on-4 Standard, utilizamos apenas implantes convencionais. Na técnica All-on-4 Híbrida, se faz necessário utilizar além dos implantes convencionais, implantes especiais, chamados de Implantes Zigomáticos, específicos para serem instalados em locais onde não há osso. E na técnica All-on-Four Zigoma, utilizamos apenas os implantes zigomáticos. Na próxima coluna entraremos em maiores detalhes sobre os Implantes Zigomáticos.

 

 odontologia

Portanto, hoje é possível devolver a função mastigatória de forma altamente eficiente, segura e rápida, através da Técnica All-on-Four. Além disso, a estética dessas reabilitações é perfeita, possibilitando a recuperação da auto-estima e da alegria de sorrir, condições primordiais para a vida de qualquer pessoa, independente de sua idade ou sexo! Afinal, todos nós temos o direito de sorrir e se alimentar sem medo e com prazer!

 

 sculpere
 abilio coppede

 

Dr. Abílio Coppedê é Cirurgião-Dentista, Mestre e Doutor em Reabilitação Oral pela FORP-USP, Pós-Doutorando em Implantodontia pela UnG, Pós-Graduado em Cirurgia Avançada pelo IAP - São Paulo, Coordenador do Curso de Especialização em Implantologia pela ABO-Campinas, Professor do Curso em Cirurgia Avançada de Implantes Zigomáticos pela Uningá - Maringá, Coordenador do Livro "Reabilitando Maxilas Atróficas Edêntulas Sem Exertos Ósseos" pela Quintessence Internacional, Autor de diversos Artigos Científicos Internacionais e Nacionais, Autor de diversos Capítulos de Livros Científicos na área de Implantodontia, Membro da Sociedade Brasileira de Reabilitação Oral, Membro da Academia Brasileira de Osseintegração.

Coordenador do Departamento de Reabilitação Oral da Clínica Odontológica Sculpere Odontologia e Arte- Campinas (www.sculpere.com.br).