Prescrição de exercícios na gravidez

O propósito da prática de exercícios na gravidez deve ser o de manter o melhor nível de condicionamento físico com a máxima segurança da mãe e do bebê.

Um programa individualizado de atividades físicas pode trazer vários benefícios para a gestante como: manter a força muscular, proteger contra a dor lombar, melhorar o sistema energético, além de ser positivo para a auto estima.

O médico que acompanha a gestante, deverá avaliar as condições para capacitá-la a praticar exercícios e caso haja contra indicações relativas, como hipertensão arterial, anemia, diabetes, obesidade excessiva, baixo peso extremo, sedentarismo (ACOG, 1985), deverão ter estreita supervisão.

Durante a prática do exercício, algumas recomendações são importantes e se aplicam a todas as gestantes:

- Evitar praticar exercícios em estado febril

- Evitar movimentos bruscos

- Evitar choques e saltos

- Monitorar a frequência cardíaca sempre e evitar que ultrapasse 140 batimentos

- Ingerir líquidos antes, durante e depois da atividade.

- Deve-se evitar a posição supina (barriga para cima) após o quarto mês.

- Evitar a apinéia no esforço.

- Levantar-se gradualmente do chão para evitar hipotensão ortostática.

 cassius oliveira

Cassius Oliveira é Professor e Personal  Trainer da Cia Athletica Campinas. Seis vezes campeão sul americano de Levantamento de Peso Básico. Pós-graduado em Ciências do Esporte pela Unicamp.