A febre Kardashian


 febre kardashian

Em 1994 o famoso jogador americano O.J. Simpson foi acusado de ter assassinado a facadas sua esposa. No decorrer do processo judicial, Simpson ficou hospedado na casa de seu advogado e amigo íntimo, Robert Kardashian. Com vários jornalistas fazendo serão em frente sua casa, foi difícil conter a mídia de perseguir todos os passos do advogado e sua família -as filhas Kimberly, Kourtney, Khloé e o filho, Robert Jr. Nem sua ex- esposa Kristen escapou, levando os Kardashians do anonimato à fama.

Mesmo após a morte de Robert em 2003 devido a um câncer, a exposição excessiva de todos os familiares e seus dramas, e das amizades com diversas celebridades e socialites, continuou gerando muita notícia, principalmente para a filha do casal Kimberly (Kim) por ser muito amiga de Paris Hilton e ter protagonizado um vídeo de sexo divulgado sem sua autorização na internet com o cantor de hip hop Ray-J.

Com ótimo faro para os negócios, pode-se dizer que a matriarca Kristen (mais conhecida por Kris) foi a grande responsável por virar o jogo e transformar os escândalos na melhor oportunidade de suas vidas: mostrar num reality show da televisão americana o dia a dia de toda sua família. Em 2007 estreava então, o Keeping up with the Kardashians ,que em pouco tempo no ar, se tornou uma febre. Tudo o que eles pensavam, faziam ou vestiam virava moda e influenciava a grande massa americana, principalmente os jovens e pré-adolescentes.

Na época do lançamento do programa, Kris já estava casada há 16 anos com o medalhista olímpico, Bruce Jenner com quem teve duas filhas, Kendall e Kylie. Bruce tem quatro filhos de um casamento anterior – Brody Jenner (que foi um dos membros do elenco do mega hit da MTV, The Hills) Brandon Jenner, Burton Jenner e Casey Jenner.

Com uma família tão grande assim os barracos eram inevitáveis fazendo desse reality o número um na lista de maior audiência da história da televisão. Claro que a beleza das Kardashians e o modo de vida recheado de polêmicas ligadas ao consumo de bebidas alcoólicas, situações constrangedoras e gasto de grandes somas em dinheiro também foram ingredientes de sucesso e conjuntamente, alvo de críticas nem sempre positivas.

A apresentadora Barbara Walters (82), durante a participação das Kardashians em um programa da ABC disse sem o menor rodeio “vocês não atuam, não cantam, não dançam. Vocês não têm, me desculpem, nenhum talento.”

Segundo uma entrevista concedida pela própria Michelle Obama a um jornal, seu marido, o presidente dos Estados Unidos Barack Obama, considera o Keeping up with the Kardashians inapropriado para pré-adolescentes e não gosta que suas filhas assistam.

A realidade é que tudo o que se fala sobre o modo de vida e às futilidades dos Kardashians não os afeta em nada. Estão mesmo rindo á toa com o sucesso do programa, que permitiu á família construir um império milionário envolvendo o best-seller Kardashian Konfidential, uma bem sucedida linha de produtos entre perfumes, produtos de beleza, sapatos e principalmente a de roupa com uma das maiores lojas de departamento dos EUA (Sears), a Kardashian Kollection. Sem contar o resort Mirage de Las Vegas que inaugurou a loja Kardashian Khaos, com todos os produtos endossados pelas irmãs. A imagem de Kim, Khloé e Kourtney estampam as chaves dos quartos e as máquinas do cassino, enquanto o frigobar de todos os 4.300 quartos são abastecidos com a água mineral da marca Kardashian. A boutique de roupas DASH em Calabasas (Califórnia) da qual são proprietárias, ganhou mais duas filiais em Miami (Flórida) e Soho (Nova York).

Nos últimos anos apareceram em inúmeras capas de tabloides, receberam convites para eventos de grande relevância e conquistaram um enorme espaço nas principais mídias. Por tudo isso e mais um pouco é que, hoje em dia, já nem são mais consideradas reality stars. Ultrapassaram a barreira para se transformarem em estrelas de verdade.

Keeping up with the Kardashians é transmitido no Brasil pelo canal pago E!Entertainment Television e está na sua oitava temporada. Também na mesma emissora vale conferir os spin-off gerados pela série : Kourtney and Khloé take Miami, Kourtney and Kim take New Your, Khloé & Lamar e Kourtney and Kim take Miami.

 


 Milena Baracat

Milena Baracat é formada em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas). 

Atualmente atua com profissionais  no desenvolvimento, tratamento de acervos, informatização e tecnologia da informação aplicada para bibliotecas particulares e privadas.

Contato: milenabaracat@hotmail.com