Dicas do que ingerir nos treinos de corrida


 fitness

Algumas horas depois do treino, é comum o corredor sentir fome de leão. Mas não é só porque queimou calorias durante o exercício que você tem permissão para atacar a geladeira e devorar tudo o que vê pela frente.

 É preciso tomar cuidado para que a ingestão calórica não seja maior que o gasto com a corrida — todo o esforço pode ser jogado fora em uma única refeição. Mais importante do que controlar os impulsos quando o estômago começar a roncar é saber quais tipos de alimentos consumir para que o organismo absorva a carga necessária de treinamento.

 Antes da corrida, ingestão adequada de carboidratos complexos — com lenta absorção, que entram na corrente sanguínea e elevam os níveis de glicose gradualmente. São eles: arroz, aveia, feijão, massas, batata, milho e pão.

 No pós-treino, a refeição deve ser primeiro protéica (queijo, atum ou peito de peru, por exemplo)ou suplemento como whey protein, e carboidratos de rápida assimilação pelo organismo, assegurando a manutenção e o aumento de massa muscular.

Depois de 30 minutos, é recomendável fazer uma refeição sólida com proteínas e carboidratos. Carnes magras, arroz integral, brócolis e aspargos são indicados no cardápio.

Durante a corrida, alimentos de digestão lenta não são indicados, pois dificultam o esvaziamento gástrico.


 isabela casline

Professora e Personal Trainer Cia Athletica

contato: 

isabelacasline@yahoo.com.br