Dia da Árvore

Hoje, dia 21 de setembro, é celebrado o Dia da Árvore. Lamentavelmente em Campinas as árvores vêm sendo maltratadas e "assassinadas" sistematicamente nas últimas duas décadas.
As árvores nos dão tantos benefícios tais como alimentos  (frutos e castanhas), tiram poluentes da atmosfera e nos dão ar puro, regulam a umidade relativa do ar, combatem a poluição sonora, servem de abrigo e fonte de alimentos para pássaros, os quais também se alimentam de insetos e pragas perniciosas aos seres humanos, seguram parte da água do início das chuvas evitando enchentes, impedem processos erosivos, além de aliviar o stress das pessoas. Porém, um olhar mais atento nas árvores espalhadas pelas nossas calçadas vislumbram árvores mutiladas por podas, e também queimadas, envenenadas, com cimento cobrindo 100% da base do seu tronco, etc. É por isso que muitas árvores caem nas chuvas de verão. A Lei municipal de arborização impõe o plantio de ao menos uma árvore a cada 10 m de calçada. Por isso é preciso plantar com apoio técnico para escolher a espécie apropriada ao local de plantio, evitando danos na calçada e tubulações e estrutura dos imóveis. Campinas tem um deficit de 365 mil árvores nas vias públicas. É importante que toda a sociedade participe para plantarmos essa quantidade e para proteger as árvores existentes.

 

 marcos boni

Dr. Marcos Roberto Boni é Advogado – OAB/SP – 137.920. Diretor do Departamento de Áreas Verdes da Secretaria do “Meio Ambiente” da Prefeitura de Campinas. Membro da Comissão de Meio Ambiente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e do Conselho Municipal do Meio Ambiente (COMDEMA).