Projeto leva dança contemporânea amazonense ao público de Campinas

“Circulando com a Memória” traz o espetáculo “A Vida começa pela memória” e atividades formativas; todos com entrada gratuita, na Unicamp; de 25 a 27/2

 

A Cia. de Intérpretes Independentes, de Manaus (AM), contemplada com o prêmio Funarte Petrobrás de Dança Klauss Vianna/2013, em turnê por várias cidades do país, chega a Campinas com o projeto “Circulando com a Memória” de 25 a 27 de fevereiro. O projeto consiste em duas apresentações do espetáculo “A Vida começa pela memória”, além de atividades formativas. As atividades, com entrada gratuita, serão realizadas na Unicamp.

O espetáculo, décima terceira montagem do grupo, com concepção cênica de Ricardo Risuenho, aborda a relação que o homem estabelece com a memória a partir da estética do fotógrafo Jan Saudek. Um dos artistas tcheco mais conhecido e admirado no ocidente, Saudek emprega em suas imagens uma estética surrealista muito peculiar, que mistura sonho e realidade, transformando fotografias em pinturas.

 O projeto “Circulando com a Memória” compreende oficina, palestra e mesa redonda, ministrada por Ricardo Risuenho, diretor do espetáculo, acerca da pesquisa desenvolvida pela companhia sobre a movimentação dos membros superiores e visa didaticamente atingir além do público em geral, alunos e docentes dos cursos de dança.

 Cia. Intérpretes Independentes

A Cia. de Intérpretes Independentes, dirigida pelo coreógrafo Ricardo Risuenho, foi criada em 2003, em Manaus (AM), com a denominação de Risuenho Cia. de Dança, a partir de um processo de pesquisa sobre o movimento dos membros superiores, que caracterizaria seu percurso, fornecendo-lhe uma linguagem estética específica. Com este objetivo, a companhia desenvolveu uma técnica de dança em linguagem contemporânea para preparação física de seus intérpretes, pautada no padrão de movimentação fundamentado na biomecânica dos membros superiores, resultado da pesquisa de Risuenho sobre esta região corporal utilizando os conceitos da Cinesiologia.

 Seu repertório é constituído por produções como: Mulheres de Macbeth (2003), Ilha da ira (2004), Ruídos da solidão (2004/05), Origem (2006/07/10), Homem de Barro (2008), ZÉ (2009), Com Shakespeare na Rua (2011) e A Cruz e a Moça e Bella (2012).

A Cia. de Intérpretes Independentes foi contemplada com Prêmio Funarte de Dança Klaus Vianna em cinco edições.

 Ficha Técnica

Encenação Coreográfica: Ricardo Risuenho

Elenco: Anna Raphaella Costa/Ricardo Risuenho

Cenografia: Ricardo Risuenho/Nelson Magli/Divan Fernandes

Figurino: Luís Ferreira/Ricardo Risuenho

Operação de Som: Gisa Almeida

Iluminação: Nelson Magli

Cenotécnico: Nelson Magli

Produção Geral: Gisa Almeida

Serviço

 Espetáculo “A Vida Começa Pela Memória”

Local: Casa do Lago

UNICAMP

– Sala de Cinema

26/02 (quinta)- 18h30

27/02 (sexta) – 12h30

Entrada Gratuita

 OFICINA/PALESTRA/MESA-REDONDA

Local: Departamento de Artes Corporais da

UNICAMP – SALA 1

25/02/ (quarta)

14h às 16h

Oficina: Técnica de MMS (Movimentos dos Membros Superiores) – Com Ricardo Risuenho.

16h15 às 18h

Palestra: No Volver dos braços da Criação, reflexões sobre os processos de criação

e a pesquisa de movimento da Cia. de Intérpretes Independentes – Ricardo

Risuenho.

Mesa -Redonda - Processos de Criação: dança x cenografia, iluminação e  Figurino. Com Ricardo Risuenho.

Todas as atividades têm entrada gratuita.

 Assessoria de Imprensa

Maria Claudia Miguel (Cacau)

(19) 99743.2142