Mulheres investem melhor do que os homens - Coluna Investimentos por Rodrigo Teixeira Mendes

Num mundo em que cada vez mais as mulheres tem ocupado espaço que anteriormente eram extremamente machistas, destacam-se os investimentos. Trata-se de algumas características que somente elas são capazes de determinar o rumo.

As mulheres costumam montar seus planos financeiros pensando em metas de vida para si mesmas ou sua família, enquanto os homens pensam no desempenho isoladamente.

As investidoras tendem a colocar suas reservas em aplicações de longo prazo e evitam ficar mexendo. O mesmo não vale para os homens: eles negociam suas ações 45% mais do que as mulheres. Essas diferenças são tão nítidas que até existe um livro chamado “Warren Buffett Investe Como As Mulheres”, de LouAnn Lofton. Lembrando que Warren Buffett é considerado um dos investidores mais bem sucedidos do mundo.

Os homens têm maior propensão a investir todos seus recursos em ações, o que é uma estratégia arriscada; já as mulheres preferem diversificar seus investimentos.

rodrigo.jpg

Por isso, chegou a hora de abandonar a síndrome de impostora e admitir que, sim, os mundos dos investimentos também pertencem a elas. “É hora de celebrar nossas habilidades e maximizá-las, nos comprometendo a nos envolvermos mais com nosso dinheiro”, concluiu Alexandra Taussig, vice-presidente sênior da área de investimentos para mulheres da Fidelity Investments, no relatório do estudo.Chega de ouvir piadinha de que mulher não sabe investir.

 Um estudo acaba de provar que as mulheres investem melhor do que os homens, mas não têm ideia disso. A descoberta é da empresa de investimentos americana Fidelity Investments.

O estudo – feito com 2.995 americanos, sendo 1.496 homens e 1.499 mulheres com 18 anos ou mais – concluiu que nós temos retornos 0,4% maiores do que investidores do sexo masculino. Apesar de parecer pouca coisa, de acordo com o relatório, isso pode ter um “impacto significante” ao longo do tempo.

Porém, a descoberta mais chocante está no quanto as entrevistadas se subestimaram – e como as mulheres, tem o costume de fazer isso. Apenas 9% das participantes acreditavam que as mulheres teriam um desempenho melhor do que os homens.

Além disso, investidoras do sexo feminino também guardam mais dinheiro. As participantes poupam 9% de seu salário anual, enquanto os homens, 8,6%. Segundo o estudo, se juntar essa pequena diferença ao fato de que mulheres conseguem melhores rendimentos, o impacto futuro é grande – e ele se torna ainda maior considerando jovens investidoras.

 Fonte: UOL

Rodrigo (1).jpg

Rodrigo Teixeira Mendes

Coluna Investimentos

Graduado em Direito pela Universidade Paulista e Pós Graduado em Administração de Negócios pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, além de possuir experiências na área financeira e comercial em empresas como Banco Itaú, RR Donnelley Moore, Camargo Correa. Atualmente tem atuação no setor financeiro e ministra cursos e palestras na área de Educação Financeira com foco na disseminação do conhecimento de produtos disponíveis no Mercado Financeiro (Finanças Pessoais, Renda Variável, Renda Fixa). E-mail: rodrigo@valutainvest.com.br  Telefone: (19) 99626-1540/(19) 2513-0103