Grupo Primavera realiza almoço para Mulheres Primavera no Bellini Ristorante

O encontro anual das Mulheres Primavera promovido sempre em março pelo Grupo Primavera será realizado no próximo dia 7 (quarta-feira), no Bellini Ristorant (Av. José de Souza Campos, 425, Nova Campinas), entre 12 e 15 horas. O tradicional almoço em comemoração ao Dia da Mulher é dedicado às representantes da sociedade de Campinas que colaboram com a entidade, divulgando o trabalho da organização e trazendo novos parceiros à instituição.

novas crianças2.JPG

Na oportunidade, as participantes receberão o calendário com as principais atividades anuais previstas pelo Grupo Primavera e terão a possibilidade de tornarem-se madrinhas das meninas atendidas pela organização.

Além disso, será reforçada a nova forma de doar as notas fiscais paulistas à instituição, agora por meio de um aplicativo no celular, disponível na Apple Store ou Play Store. Essa doação também pode ser feita por meio do sitewww.nfp.fazenda.sp.gov.br/login, escolhendo o Grupo Primavera entre as entidades cadastradas.

“A receita obtida com a doação de notas fiscais paulistas caiu muito para nossa instituição desde que as novas regras do governo paulista passaram a vigorar, em janeiro último. Assim, desejamos ensinar e recomendar às pessoas que acreditam e contribuem com a sustentabilidade dos projetos do Grupo Primavera a adotarem essa atual maneira de doar seus cupons fiscais, entre elas as Mulheres Primavera”, ressalta Denise Podolsky, representante do setor de Marketing e Relacionamento da organização.

 

Sobre o Grupo Primavera

O Grupo Primavera é uma Organização da Sociedade Civil (OSC) que recebe crianças, adolescentes e jovens de 6 a 18 anos do entorno do Jardim São Marcos, Campinas, para atendê-las em programas de educação complementar, cultural e profissional. Classificada como Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, a entidade – fundada em 1981 –, atende hoje cerca de 500 meninas e meninos, além de seus familiares.

O ingresso no Grupo Primavera segue critérios como perfil socioeconômico vulnerável e a necessidade dos atendidos estarem matriculados na rede pública de ensino.

A OSC acredita que a educação ética é capaz de transformar a realidade das pessoas, por isso, busca oferecer conteúdos pedagógicos inovadores e princípios relevantes como pontualidade, respeito, participação, colaboração, organização, disciplina, iniciativa e empreendedorismo.

Em seus 36 anos de existência, a instituição já atingiu a marca de 11 mil crianças, adolescentes e jovens por meio de seus programas, com o objetivo de minimizar os riscos sociais aos quais estão expostos, capacitando-os e trabalhando para torna-los membros ativos na sociedade.