Apps de paquera ganham novos termos - Coluna Entretenimento por Milena Baracat

Prowling, Cookie Jarring, Pocketing, Phubbing, Cushioning, Haunting, Breadcrumbing, Orbiting, Ghosting ...mais termos da língua inglesa começam a ganhar popularidade em nosso idioma.

foto 1.png

Os aplicativos de relacionamento foram criados poucos anos atrás, mas rapidamente conseguiram criar uma terminologia própria. E não adianta procurar o Google Tradutor, porque não tem lá (rs).

Para quem está habituado com os relacionamentos online, isso não é nenhuma novidade, mas os iniciantes podem encontrar alguma dificuldade para entender as mensagens cifradas, principalmente agora que o glossário da paquera foi atualizado. Ainda bem que o pessoal do app Happn deu uma mãozinha, olha só:

 Breadcrumbing: o termo “breadcrumbs” (migalhas de pão) já era usado no jargão cibernético em referência à estrutura de navegação em sites da internet, mas o sentido da expressão “breadcrumbing” (“espalhar migalhas de pão”) é diferente e tem inspiração direta do conto infantil “João e Maria”. Neste caso indica a prática de ir espalhando “sinais de interesse” por outra pessoa, mas sem ter qualquer intenção de estabelecer um relacionamento sério com ela.

foto 2.jpg

Os adeptos do “breadcrumbing” são aquelas pessoas que, por exemplo, ficam mandando mensagens reservadas e “curtindo” as postagens de alguém nas redes sociais como se estivessem sugerindo um interesse especial que vai além da amizade, mas sem passar nunca para um relacionamento amoroso real. Existe a insinuação de interesse, mas não existe a concretização.

A pessoa que recebe os supostos “sinais de interesse” fica alimentando expectativas apenas para se ver frustrada, sem falar no fato de que ela perde oportunidades de relacionamento sério porque está presa ao inútil aguardo de algum passo concreto do “espalhador de migalhas”.

Ghosting: palavra derivada do inglês ghost (fantasma). Você conhece alguém, troca números de telefone, vai a vários encontros, começa um relacionamento e tudo parece ir muito bem quando, de repente... silêncio.

foto 3.png

A outra pessoa deixa de responder mensagens de texto e chamadas e, sem aviso, desaparece sem dar explicações, encerrando um relacionamento da noite para o dia, cortando todo tipo de comunicação.

Orbiting: algo ainda mais frustrante que o 'ghosting'. Vocês terminaram, chegaram à conclusão que não rola mais ficar, mas de alguma forma o outro está sempre ali, assistindo aos seus stories, dando um like despretensioso e comentando com um “hahaha”. Orbitando em seu universo.

foto 4.jpg

O ex-ficante está conservando você na órbita dele: perto o suficiente para vocês se verem, mas longe o suficiente para nunca se falarem.

Haunting: sinônimo de orbiting. A pessoa não está mais fisicamente presente na sua vida, mas quer que você se lembre da existência dela e fica lá como uma assombração.

foto 5.jpeg

Cushioning: da palavra inglesa cushion (almofada). Essa pessoa quer se sentir segura, protegida por almofadas, mesmo depois de começar um relacionamento sério. Então mantém papinho com contatinhos mil porque vai que o namoro não dá certo, né? Um nome chique para o famoso “plano B”.

foto 6.jpg

Phubbing: é o ato de ignorar ou deixar de conversar com alguém por estar focado no celular. O termo vem da junção das palavras inglesas phone (celular) e snubbing (esnobar).

Vale para amigos também, táhh?

Dois amigos estão conversando e um deles parece distraído olhando para o celular. Ele diz prestar atenção no assunto, mas quando o outro pergunta se ele concorda ou não com algo, a realidade: "o que você estava falando?". Ele acabou de 'phubbar' o amigo.

foto 7.png

Pocketing: seu ficante ainda não te apresentou para os amigos e família, embora já estejam ficando sério. Você provavelmente está vivendo um "pocketing", ou seja, sendo “deixado no bolso” ou o famoso “na gaveta". O "crush pocketing" só está disponível quando quer ou apenas quando seus horários estão livres.

foto 8.jpg

Cookie Jarring: seu rolo está ficando firme e você começa a achar que pode, sim, terminar em namoro, até que... Descobre que você era apenas o backup dele(a).

foto 9.jpg

Prowling: você, finalmente e felizmente, saiu da fossa pós-fora do crush que tinha se apaixonado e, de repente, ele(a) reaparece na sua vida agindo normalmente e (pior!) como se nada tivesse acontecido. Isso é prowling, quando se "brinca" com as emoções das pessoas.

foto 10.jpg

CRÉDITOS: BBC Brasil / Aleteia / Glamour / HuffPost Brasil

FOTOS: Reprodução

Milena.jpg

Milena Baracat

Coluna Entretenimento

Formada em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas). Atualmente presta assessoria ao Site Raquel Baracat.