Crítica de cinema por Vicente Neto - Filmes: Se a rua Beale falasse e Todos já sabem

If Beale Street Could Talk (título em Português: “Se a Rua Beale Falasse”)

BealeStreet.jpg

Quando vi o trailer, até me interessei um pouco em assistir, mas não fiz muita questão. Depois que vi que a Regina King ganhou o Oscar de atriz coadjuvante pelo seu papel neste filme, me interessei mais.

Tish e Fonny são dois jovens apaixonados e cheios de esperança no futuro, vivendo no Harlem, em Nova Iorque, na década de 1970. Quando ele é preso injustamente devido a uma acusação de estupro, o casal vê o seu mundo ruir.

Algum tempo depois, ao descobrir que está grávida do primeiro filho de ambos, Tish toma uma decisão: encontrar um meio de provar o erro judicial que colocou o namorado atrás das grades para que ele possa assistir, em liberdade, ao nascimento da criança.

 Apesar de ter um enredo bastante interessante, o filme tem muitas cenas longas que, ao meu ver, parece querer ganhar tempo (para o filme ficar mais longo), e/ou querer dar um ar ‘poético’. Isso, cansou um pouco. Uma pena! E, na minha modesta opinião, Regina King não fez nada de mais, com sua personagem, a ponto de lhe valer um Oscar.

 Todos Lo Saben (título em Português: “Todos Já Sabem”)

todos-lo-saben.jpg

Não sou muito fã do trio de protagonistas desse filme, mas sei que em geral, os filmes deles costumam ser de boa qualidade. Então, acabei ficando muito curioso, ainda mais por ver Darín fora da Argentina. rs

 Morando na Argentina já há vários anos, Laura (Penélope Cruz) regressa com os filhos à sua pequena aldeia natal, na Espanha, para celebrar o casamento da irmã mais nova. Porém, o que se previa ser uma aprazível reunião familiar, se transforma numa tragédia quando a filha de Laura desaparece.

As revelações decorrentes deste terrível evento serão muitas e vão mudar as vidas de todos.

O enredo é até interessante, e as atuações muito boas, mas mais uma vez, um filme que poderia ter 90 minutos, por exemplo, mas tem mais de 2 horas. Então dá uma cansada... mas no geral, eu gostei.

Vicente.jpg

Vicente Neto

Coluna Crítica de Cinema

Engenheiro que, desde pequeno, é apaixonado por cinema. Procura assistir a todos os filmes possíveis na telona e, se deixa escapar, assiste em DVD. Costuma sempre ver o lado bom de cada filme que assiste, mesmo se este não agradar muito. Suas críticas são praticamente uma conversa entre amigos, comentando do filme que assistiu.