Vamos falar de arte? Vocês conhecem o pintor britânico Joseph William Turner? Vem saber na coluna Arte/Fotografia e Design por Mônica Fraga

Turner

Assim como Munch disse: “O ponto é que se vê com diferentes olhos em momentos diferentes. É por isso que um motivo pode ser visto de muitas maneiras, e isso faz com que a arte seja tão interessante”, o olhar muda, as experiências e o que adquirimos de bagagem influenciam nossos gostos e escolhas. Isso é ótimo! Evoluir sempre!

Antes de fazer o curso de História da Arte não conhecia o pintor britânico Joseph William Turner e ao estudá-lo, de cara me apaixonei pelo movimento, pela força que existe em seus quadros ao pintar o mar revolto, em fúria.

Assim como nós, os pintores também são influenciados por outros e o trabalho vai adquirindo o seu próprio estilo. A primeira fase do Turner confesso que não gosto muito, mas de repente o trabalho evolui de uma maneira até chegar a um nível de abstração encantador.

Turner.jpg

Tive o privilégio de ver várias obras em Londres, em três museus que visitei: Tate, National Gallery e Sir John Soane, e certamente se eu fosse uma colecionadora de arte com condições de adquirir uma obra de um artista famoso possivelmente escolheria uma dele.

O mais impressionante é como ele influenciou artistas contemporâneos. Na National Gallery a exposição Sea Star do artista Sean Scully tinha o quadro do Turner, The Evening Star, no meio da sala para mostrar sua fonte de inspiração ao desenvolver seu próprio estilo de pintura.

A curadoria e expografia de uma exposição são muito importantes. A forma como se conta a história, as referências que aquele trabalho teve e como essa arte continua presente influenciando novos artistas. É como uma corrente. Nas palavras de Greenberg: “O trabalho da arte é por a cultura em movimento.”

E finalizo com uma frase do meu professor de História da Arte, Rodrigo Naves, que tanto instiga minha vontade de aprender e entender a Arte:

“O saber só vem depois da experiência.”

Assistam o filme Mr Turner e conheça um pouco mais sobre esse artista tão à frente do seu tempo!

A pintura do quadro acima é Rain, Steam and Speed – The Great Western Railway, 1844.

 

Visite os sites dos museus:

tate.org.uk

nationalgallery.org.uk

soane.org

IMG_2928.jpg

Mônica Fraga

Arte, Fotografia & Design

Designer de Interiores pela Arquitec., Fotógrafa pelo Senac São Paulo. Atualmente faço um curso sobre História da Arte, em SP, com o crítico de Arte Rodrigo Naves. Instragram: @monicafraga monicabmfraga@gmail.com