Cãotadores de Histórias desembarcam no Shopping Parque das Bandeiras - ao lado de animais treinados, crianças transformam o momento de leitura

Para promover uma tarde divertida de incentivo à leitura, o Medicão, da Associação Brasileira de Terapia Assistida por Animais, e o Shopping Parque das Bandeiras se uniram mais uma vez para realizar a 2ª edição do projeto Cãotadores de Histórias, neste sábado, 20 de janeiro, das 15 às 19 horas, no espaço Livros Livres.

image002.jpg

Considerada uma das principais associações existentes na execução de trabalhos de Terapia Assistida por Animais (TAA), a Medicão realiza o projeto Cãotadores de Histórias para crianças de todas as idades.

O objetivo do encontro é fazer com que os cães terapeutas sejam companheiros de leitura dos pequenos que poderão ler alguma história para o animal. Com isso, as crianças vencem a timidez, esquecem seus próprios medos e limitações, já que os cães não julgam ou criticam e o ambiente fica mais confortável para a leitura. A criança que tem dificuldade de ler em voz alta na frente de um adulto, lê com entusiasmo para o cão. A leitura se torna uma experiência positiva. Todos os participantes são guiados por educadores presentes na sessão.

As crianças poderão assim melhorar suas habilidades de alfabetização e incentivar as alegrias da leitura por meio da interação com animais treinados. “O Shopping Parque das Bandeiras quer encantar adultos e crianças com histórias da literatura e que são passadas entre as gerações. A leitura é a melhor forma de estimular a imaginação e fazer viagens sem sair do lugar, mas de forma enriquecedora”, afirma a gerente de marketing do shopping, Andréia Vidal.

Quem ainda quiser levar alguma lembrança do amigo canino, pode adquirir um livro no local e ganhar um autógrafo personalizado com a patinha do pet do Cãotadores de Histórias. A Medicão é uma entidade sem fins lucrativos que visa a melhoria da saúde física, emocional e mental de pacientes na interação entre homens e animais. Os cães são adestrados, castrados e vermifugados. A entrada é gratuita.

Serviço

Cãotadores de Histórias

Data: Sábado,20 de janeiro

Horário: Das 15 às 19 horas

Local: Shopping Parque das Bandeiras (Av. John Boyd Dunlop, nº 3900, Jardim Ipaussurama, Campinas, Piso L2)

Entrada franca


Shopping Parque das Bandeiras

Inaugurado no final de 2012, o shopping reúne lazer, conforto, variedade de lojas e de restaurantes. Situado estrategicamente na Avenida John Boyd Dunlop, entre as rodovias dos Bandeirantes e da Anhanguera, o empreendimento tem como principais diferenciais a modernidade e o conforto com os quais recebe seus visitantes, além de uma variada programação cultural gratuita. O Parque das Bandeiras tem 40 mil m² de espaços para lojas, distribuídos em um terreno de mais de 340 mil m², com mais de 210 lojas, mais de 30 opções gastronômicas, seis salas de cinema e mais de 2.000 vagas de estacionamento.

Ancar Ivanhoe

Pioneira no setor de shopping centers, a Ancar Ivanhoe é uma das líderes do mercado, com mais de 40 anos de atuação. Sua história teve início na década de 70, quando ingressou na indústria como uma das responsáveis pelo desenvolvimento do segundo shopping construído no Brasil: o Conjunto Nacional Brasília. Em 2006, associou-se à canadense Ivanhoe Cambridge, líder global de serviços imobiliários, e continuou sua trajetória em constante expansão. Após 10 anos dessa parceria de sucesso, a Ancar Ivanhoe tornou-se uma das cinco maiores empreendedoras e administradoras de shopping center do Brasil, presente nas cinco regiões do país, com 23 empreendimentos em seu portfólio, entre shoppings em operação e em desenvolvimento.  Para mais informações, acesse www.ancarivanhoe.com.br.

 

 

 

 

Sarna Demodécica. O que é? Coluna Vida de Bicho por Isadora dos Reis Casline

Também conhecida como Demodicose ou pelos antigos como “sarna negra” é uma doença congênita de pele, ou seja, o cão nasce com ela, já que há uma hereditariedade ; se a mãe tem, os filhotes também terão. A doença é causada por um ácaro bem pequeno só visto com microscópio, e que em animais de imunidade mais baixa acaba por se multiplicar sem controle, causando a sarna.

isadora.png

Por isso quando se deseja comprar um filhote é sempre indicado visitar o canil para avaliar condições de higiene do local e ver a mãe dos filhotinhos e outros animais presentes para que você se certifique de que não ha maus tratos daqueles animais. Muitos canis SABEM que suas fêmeas tem a sarna, portanto teriam que ser retiradas da reprodução e castradas, mas simplesmente omitem isso dos compradores.

Os sintomas começam a aparecer cedo nos filhotes , como descamação, perda de pelo, crostas e muitas vezes coceira já que em muitos casos há infecção bacteriana secundária. Foi chamada de sarna negra porque não sendo tratada a pele fica com um aspecto mais escurecido, podendo ter outras doenças concomitantes. Antigamente eu mesma atendia casos da sarna em que o proprietário ouvia dizer que teria que sacrificar o animal. Não gente, isso nunca foi necessário. É uma doença estética que causa muito desconforto aO animal, claro, mas hoje em dia temos opções ótimas de tratamento e mesmo alguns anos atrás já tínhamos, então se vocês ouvirem do vizinho ou parente que um animal que tenha sarna negra deve ser eutanasiado, simplesmente não se importem. Procurem o veterinário ao menor sinal de problema na pele do seu animal.

O diagnóstico é feito com raspados de pele, sendo bem simples e o tratamento consiste em comprimidos que irão suprimir o ácaro, assim como banhos terapêuticos e suplementos para melhorar a imunidade. Ela pode sim voltar, em episódios mais brandos  ou mesmo nem voltar, mas o tratamento consegue eliminar todo o problema.

Mais dúvidas entre em contato comigo também pela fan page: Na casa do bicho – Isa Casline Veterinária.

Isadora.jpg

Isadora dos Reis

Coluna Vida de Bicho

Formada em dezembro de 2001, pela Fundação de Ensino Octavio Bastos, em São João da Boa Vista. Especialização em clinica medica de pequenos animais e dermatologia veterinaria. Área de clinica médica e atendimentos personalizados em domicílio na zona norte  e central de São Paulo e também em Guarulhos.Contato: isacasline@gmail.com

Galleria Shopping recebe a 1ª Parada Pet

Encontro de pets e seus donos contará com várias

atividades e prestação de serviço no estacionamento do empreendimento

O Galleria Shopping será palco no dia 25 de junho, domingo, da primeira edição da Parada Pet. Promovido pela EPTV em parceria com a Prefeitura Municipal de Campinas, o encontro de pets e seus donos contará com várias atividades e prestação de serviço e será realizado no estacionamento do empreendimento, das 8h às 17h.

Para a realização do evento, será montado um ambiente recreativo com brincadeiras, apresentação de agility (corrida de obstáculos), desfile de premiação dos pets e exposições de fotos.

A1ª Parada Pet contará com o serviço de microchipagem, que consiste no registro de gatos e cachorros no sistema de cadastro da Prefeitura de Campinas, o Arquimedes. Nesse dia dedicado aos pets, também haverá castração, vacinação (anti-rábica e V10), além de orientações de saúde, alimentação e medicação, gratuitamente.

As ações da administração municipal durante o evento ocorrem por meio do Departamento de Proteção e Bem-Estar Animal, da Secretaria Municipal do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.

Feira de adoção

Para quem deseja levar um “amiguinho pet” para casa, o Grupo de Apoio Voluntário aos Animais Abandonados (Gavaa) organizará uma feira de adoção no local.

Campanha

A 1ª Parada Pet contará também com uma campanha de arrecadação de rações para cães e gatos, que será revertida para a Associação Amigos dos Animais de Campinas.

Serviço

1ª Parada Pet

Quando: dia 25 de junho, domingo

Horário: das 8h às 17h

Onde: estacionamento do Galleria Shopping (Rod. D. Pedro I, km 131,5, Jardim Nilópolis, Campinas, SP)

www.galleria.com.br

Sobre o Galleria Shopping - Com arquitetura diferenciada e um ambiente paisagístico que valoriza as áreas livres e arborizadas, o Galleria Shopping foi responsável por introduzir no país o conceito de lifestyle, principalmente por seguir o estilo de um open mall. O empreendimento, que pertence à Iguatemi Empresa de Shopping Centers, destaca-se como um dos mais sofisticados centros de compras do país e apresenta um mix de operações completo formado por lojas especializadas em moda e acessórios, além de opções de gastronomia, serviços, lazer e entretenimento. Adicionalmente, o shopping faz parte de um complexo multiuso e oferece conforto e conveniência para os clientes.

Alimentos que podem fazer mal aos seu peludo! Coluna Vida de bicho por Isadora dos Reis Casline

Por sugestão de uma amiga minha, que tinha algumas dúvidas sobre o assunto, resolvi escrever esse post, já que também,muitos dos meus clientes não conseguem resistir aos apelos dos amigos de quatro patas e estão sempre dando algo da nossa mesa para eles beliscarem, sem saber que podem estar causando muito mal ao animal.

Chocolate: Eu sei é ótimo, PRA GENTE! MAS nem pense em oferecer ao seu cão ou gato, porque o chocolate, principalmente o escuro, contém teobromina, que está presente no cacau e é uma substância parecida com a cafeína, podendo causar sintomas como vômitos, taquicardia, aumento da pressão arterial, crises alérgicas e convulsões. Dependendo ainda do porte do seu animal e da quantidade ingerida( quanto mais pior) pode levar a um quadro de coma e morte. Além do que é sabido que dar doces para o animal pode levar a obesidade e diabetes.

Uva: Nem sempre todas as frutas fazem bem ao seu animal e a uva é uma delas. Pode causar insuficiência renal precoce.

Abacate: Extremamente perigoso para os nossos amigos! A substância persin é considerada altamente tóxica.

Alho e cebola: Podem levar à anemia, já que causam a destruição das células vermelhas do sangue. Causam ainda sintomas de intoxicação como vômitos, falta de ar e fraqueza.

Ossos: Sei que parece bacana dar ossos ao seu animal ou a outros animais, mas de forma alguma é legal. Ossos de galinha, principalmente, quebram formando pontas, que podem perfurar estômago e intestino dos bichinhos. Por uma infeliz experiência, eu mesma soube disso aos oito anos de idade , quando meu primeiro cachorrinho morreu decorrente de uma hemorragia por uma perfuração do estômago por um osso de galinha.

Carambola: Até outro dia eu mesma não sabia, mas a cachorrinha de uma amiga minha acabou se intoxicando por ter comido carambola e veio à óbito e se descobriu que uma substância presente na fruta, a caramboxina, pode levar a lesões renais  muito sérias e em pacientes já com problema renal,levar à morte. Isso relatado também em humanos.

Outros alimentos perigosos incluem a macadâmia, bebidas alcoólicas e com cafeína.

Sei que muita gente sempre fala, ” ah, mas sempre dei e nunca aconteceu nada”; acontece que os sintomas variam muito pela quantidade do alimento ingerido e a sensibilidade ao animal, então é sempre melhor prevenir né.

Se por acaso acontecer do seu amigo peludo ingerir algum desses alimentos, procure sempre o médico veterinário!

Qualquer dúvida , entre em contato comigo pela fan page Isa Casline Veterinária

Isadora dos Reis

Coluna Vida de Bicho

Formada em dezembro de 2001, pela Fundação de Ensino Octavio Bastos, em São João da Boa Vista. Especialização em clinica medica de pequenos animais e dermatologia veterinaria. Área de clinica médica e atendimentos personalizados em domicílio na zona norte  e central de São Paulo e também em Guarulhos.Contato: isacasline@gmail.com

Levando seu pet com você....de ônibus ou de avião - Coluna Vida de Bicho por Isadora dos Reis Casline

 

No post anterior , falei do transporte dos animais no carro, mas muitas pessoas querem levar seu bichinho pra outros destinos ,necessitando para isso o transporte em ônibus ou avião.

A primeira coisa a se fazer é ligar nas companhias aéreas ou rodoviárias e se informar das exigências e documentos necessários para o embarque do animal. Cada uma segue um protocolo. Existem linhas rodoviárias que permitem que você carregue seu animal junto com você se ele tiver até 8 kilos e outras permitem apenas animais menores. Companhias aéreas geralmente levam seu animal junto com você se ele tiver até 5 kilos, senão ele terá que ir no compartimento de bagagem, o que a princípio pode parecer um horror, mas temos muitos relatos de animais que foram transportados junto com as bagagens e foram bem tratados. Mas atenção sempre ligue na empresa que irá transportar seu bicho. Infelizmente algumas recebem muitas reclamações  de casos de maus tratos e até de que por descuido deixaram o bicho escapar. Na dúvida, pesquise na internet, você sempre irá encontrar por lá relatos positivos ou negativos sobre a empresa.

Hoje em dia, segundo o Ministério da Agricultura,os documentos necessários para o trânsito de animais pet, são o atestado de saúde animal, emitido pelo Médico Veterinário e com validade de 10 dias da data da viagem, acompanhado da carteirinha de vacinação que deve estar com as vacinas atualizadas. Algumas empresas pedem que o animal receba uma pequena sedação. Se informe com seu veterinário, pois existem sedativos orais que podem ser dados nas viagens.

Se tiver alguma dúvida, só falar comigo aqui na fan page Isa Casline Veterinária

Isadora dos Reis

Coluna Vida de Bicho

Formada em dezembro de 2001, pela Fundação de Ensino Octavio Bastos, em São João da Boa Vista. Especialização em clinica medica de pequenos animais e dermatologia veterinaria. Área de clinica médica e atendimentos personalizados em domicílio na zona norte  e central de São Paulo e também em Guarulhos.Contato: isacasline@gmail.com