Vamos falar de arte? Vocês conhecem o pintor britânico Joseph William Turner? Vem saber na coluna Arte/Fotografia e Design por Mônica Fraga

Turner

Assim como Munch disse: “O ponto é que se vê com diferentes olhos em momentos diferentes. É por isso que um motivo pode ser visto de muitas maneiras, e isso faz com que a arte seja tão interessante”, o olhar muda, as experiências e o que adquirimos de bagagem influenciam nossos gostos e escolhas. Isso é ótimo! Evoluir sempre!

Antes de fazer o curso de História da Arte não conhecia o pintor britânico Joseph William Turner e ao estudá-lo, de cara me apaixonei pelo movimento, pela força que existe em seus quadros ao pintar o mar revolto, em fúria.

Assim como nós, os pintores também são influenciados por outros e o trabalho vai adquirindo o seu próprio estilo. A primeira fase do Turner confesso que não gosto muito, mas de repente o trabalho evolui de uma maneira até chegar a um nível de abstração encantador.

Turner.jpg

Tive o privilégio de ver várias obras em Londres, em três museus que visitei: Tate, National Gallery e Sir John Soane, e certamente se eu fosse uma colecionadora de arte com condições de adquirir uma obra de um artista famoso possivelmente escolheria uma dele.

O mais impressionante é como ele influenciou artistas contemporâneos. Na National Gallery a exposição Sea Star do artista Sean Scully tinha o quadro do Turner, The Evening Star, no meio da sala para mostrar sua fonte de inspiração ao desenvolver seu próprio estilo de pintura.

A curadoria e expografia de uma exposição são muito importantes. A forma como se conta a história, as referências que aquele trabalho teve e como essa arte continua presente influenciando novos artistas. É como uma corrente. Nas palavras de Greenberg: “O trabalho da arte é por a cultura em movimento.”

E finalizo com uma frase do meu professor de História da Arte, Rodrigo Naves, que tanto instiga minha vontade de aprender e entender a Arte:

“O saber só vem depois da experiência.”

Assistam o filme Mr Turner e conheça um pouco mais sobre esse artista tão à frente do seu tempo!

A pintura do quadro acima é Rain, Steam and Speed – The Great Western Railway, 1844.

 

Visite os sites dos museus:

tate.org.uk

nationalgallery.org.uk

soane.org

IMG_2928.jpg

Mônica Fraga

Arte, Fotografia & Design

Designer de Interiores pela Arquitec., Fotógrafa pelo Senac São Paulo. Atualmente faço um curso sobre História da Arte, em SP, com o crítico de Arte Rodrigo Naves. Instragram: @monicafraga monicabmfraga@gmail.com

Restaurante chic no presídio e fica na Inglaterra, acreditam?

Como funciona o restaurante The Clink, que fica dentro de presídios do Reino Unido e serve de escola para os detentos

1559071484_491775_1559071699_noticia_normal_recorte1.jpg

Para entrar neste restaurante é preciso fazer a reserva com antecedência. Até aí, nada muito fora da normalidade. Mas ao chegar para jantar ou almoçar, deixa-se previamente todos os pertences dentro de um armário. Nada entra: bolsas, relógios, chaves, moedas, celular e até lenço de papel e caneta. As crianças também são proibidas. E é preciso responder a um breve questionário antes de entrar, informando número do documento, nome e data de nascimento. Por último, coloca-se um crachá com sua identificação.

Já finalmente em direção ao salão, um carcereiro destranca os três portões imensos até chegar em um pequeno local com poltronas de couro, copos de cristal —que não servem bebidas alcoólicas sob nenhuma hipótese— e mesas impecavelmente arrumadas com guardanapos de pano e talheres... de plástico. A vista da janela é formada por cercas de arame e, para ir ao banheiro é preciso permissão e alguém que abra a grande e pesada porta. Este é o The Clink, um restaurante dentro do presídio de Brixton, em Londres, cujos funcionários, de garçons ao chefe da cozinha, são todos detentos em formação profissional.

Construída em 1819, essa prisão pública é uma das mais antigas do Reino Unido. O restaurante, dirigido por uma entidade beneficente, foi inaugurado em 2014 e está presente em outro presídio do país, além deste. O objetivo maior do projeto é fazer com que os detentos saiam dali com uma formação profissional. Por isso, ao se formarem, recebem um certificado profissional reconhecido pelo mercado.


Fonte: https://brasil.elpais.com/brasil/2019/05/28/internacional/1559071484_491775.html#?ref=rss%26format=simple%26link=link

Aguenta, coração: Primark abre um café de “Friends” dentro da loja

Nem o mítico sofá da série nova-iorquina vai faltar neste novo espaço em Manchester, Inglaterra.

714857c6515776e5b8d77d82e2878e1a-754x394.jpg

6 de maio de 2004, o mundo tremeu de emoção quando teve de se despedir de “Friends“, a série dos seis amigos nova-iorquinos que, durante uma década, tornou a vida de milhões de espectadores muito mais feliz.

15 anos depois, ainda há muita gente que passa os fins de semana deitado no sofá a comer pipocas enquanto faz uma maratona de episódios. Aliás, em dezembro do ano passado, a FOX Comedy até voltou a transmitir todas as temporadas de seguida.

A Primark conhece bem o sucesso mundial da história de Rachel (Jennifer Aniston), Monica (Courtney Cox), Phoebe (Lisa Kudrow), Joey (Matt LeBlanc), Chandler (Matthew Perry) e Ross (David Schwimmer). Por isso, em abril criou uma coleção de roupa e acessórios dedicada a eles.

Agora, decidiu homenageá-los de outra forma, ao abrir um café totalmente dedicado a “Friends”. É inaugurado a 12 de junho na loja do Market St., em Manchester, Inglaterra.

O espaço vai servir baggles, muffins e cafés e vender uma coleção exclusiva da série. Para tornar todo o cenário mais parecido com o projeto, a Primark vai, inclusive, ter uma réplica do mítico sofá alaranjado, onde todos os fãs podem tirar fotografias.

A loja de Manchester está aberta entre as 8 e as 21 horas. Aos domingos existe outro horário: das 10h30 às 17 horas.

Fonte: https://nit.pt/vanity/lojas-e-marcas/primark-cafe-friends-dentro-loja

Ensaio fotográfico com as minhas estampas das camisetas da Bolsa Pink

Ensaio fotográfico feito pelo amigo querido e meu maquiador, Allex Goren do Beauty Base Luiz Freitas das minhas estampas de camisetas pela Bolsa Pink @bolsapink e que estão disponíveis para compras on line -  https://www.bolsapink.com.br/roupas-e-acess-rios

Escolhi três temas que amo: xoxo (significa beijos e abraços), o tema da Inglaterra, pois morei lá e amo tudo relacionado a Rainha e o terceiro sobre seriados, pois sou fã de carteirinha!

Caso queiram mudar algo ou personalizar para meninos ou mudar a frase, podem também!

Espero que gostem! 

Agradeço: Beauty Base Luiz Freitas pelo espaço para fotos e produção

Make up: Allex Goren

Cabelo: Julio Penatti

Alguns acessórios: Empório Pine

Bolsa Pink: @bolsapink ou https://www.bolsapink.com.br/roupas-e-acess-rios

Lançamento das Camisetas da Bolsa Pink no Café Suplicy Iguatemi Campinas

Hoje foi o lançamento oficial das minhas estampas de camisetas pela Bolsa Pink @bolsapink e que estão disponíveis para compras on line. Obrigada pela presença de queridas amigas e sucesso de vendas!

Escolhi três temas que amo: xoxo (significa beijos e abraços), o tema da Inglaterra, pois morei lá e amo tudo relacionado a Rainha e o terceiro sobre seriados, pois sou fã de carteirinha! Caso queiram mudar algo ou personalizar para meninos ou mudar a frase, podem também! 

Espero que gostem! 

Para fazer um pedido: Camisetas: Bolsa Pink
@bolsapink  ou https://www.bolsapink.com.br/roupas-e-acess-rios

Obrigada pelos brindes: Thalyta Morandi Nutricionista, Beauty Base Luiz Freitas e Nutre Alimentação Saudável


Obrigada pelas fotos e make: Allex Goren @allexgorenmua
Produção e local das fotos: Beauty Base @beautybase_lf @lf.luizfreitas
Cabelos: @juliocpenatti
Acessórios: Emporio Pine: @emporiopine