Dicas de livros e filmes por Luciana Andrade - Livro: Memorial do Convento de José Saramago e Filme: Intriga Internacional

Dicas de livro: Memorial do Convento de José saramago

download.jpg


“O “Memorial do Convento” foi publicado em 1982. Nele, José Saramago cruza a História, a ficção e o fantástico, com personagens inventadas e figuras históricas de carácter exagerado ou excêntrico como o rei D.João V, sua consorte a princesa austríaca D. Josefa ou o Padre Bartolomeu de Gusmão. a quem foi atribuída a invenção da passarola.

D. João V promete a Deus e à Igreja a construção de um convento caso tenha um filho com D. Josefa.  A rainha engravida e o Convento é construído por vontade do rei, sacrificando o tesouro do reino e o povo.

Do povo vêm os dois personagens centrais do “Memorial do Convento”: Baltazar, um ex-militar que perdeu uma mão na guerra, e Blimunda, que vê o interior das pessoas quando está em jejum. Conhecem-se num julgamento da Santa Igreja onde, normalmente, os hereges eram condenados ao degredo ou à fogueira. Os dois formam um dos pares mais extraordinários da literatura portuguesa, e vivem uma história de amor imediato e sem reservas.

Apaixonados, vivem marginais às leis de Deus, pois não são casados. Mesmo assim, são abençoados por um homem da Igreja: o padre Bartolomeu de Gusmão, brasileiro com uma educação jesuíta, mas liberto de convenções. Sonhador, pretende criar uma máquina voadora e encontra em Blimunda e Baltazar, eco para os seus sonhos”.

Fonte: http://ensina.rtp.pt/artigo/memorial-do-convento-de-jose-saramago/

Dicas de filme: Intriga internacional

download (1).jpg
Luciana+(1).jpg

Luciana Andrade

Coluna Dica de Livros e Filmes

Bibliotecária e Psicologa formada há alguns anos.. Atua na área de psicologia com consultório e no SOS Ação mulher e família como Psicologa voluntária . Cursou biblioteconomia por adorar os livros e assim ficou conhecendo mais profundamente a história literária. Através de filmes e livros consegue entrar em mundos reais, imaginários , fantásticos o que deixa o coração e a mente livres para conhecer, acreditar e principalmente sonhar. Email: luser8363@gmail.com

Dica de livros e filmes por Luciana Andrade - Livro: O evangelho segundo Jesus Cristo de José Saramago e Filme: Carol

Dica de livro: O evangelho segundo Jesus Cristo por Jo´se Saramago

"Menos interessado na onipotência do divino que na frágil mas tenaz resistência do humano, Saramago reconta de forma irônica e crítica uma das histórias mais conhecidas no ocidente, dotando-a de corpo, cheiro, sensações, ambiguidades e novos significados recônditos".

Fonte: http://lelivros.website/book/download-o-evangelho-segundo-jesus-cristo-jose-saramago-em-epub-mobi-e-pdf/

Dica de filme: Carol

Luciana Andrade

Coluna Livros e Filmes

Bibliotecária e Psicologa formada há alguns anos.. Atua na área de psicologia com consultório e no SOS Ação mulher e família como Psicologa voluntária . Cursou biblioteconomia por adorar os livros e assim ficou conhecendo mais profundamente a história literária. Através de filmes e livros consegue entrar em mundos reais, imaginários , fantásticos o que deixa o coração e a mente livres para conhecer , acreditar e principalmente sonhar.

 

Dicas de livros e filmes por Luciana Andrade - Livro (As intermitências da Morte) e Filme (Forrest Gump)

Dica de livro - As intermitências da morte de José Saramago

“No dia seguinte ninguém morreu. O facto, por absolutamente contrário às normas da vida, causou nos espíritos uma perturbação enorme, efeito em todos os aspetos justificado, basta que nos lembremos de que não havia notícia nos quarenta volumes da história universal, nem ao menos um caso para amostra, de ter alguma vez ocorrido fenómeno semelhante, passar-se um dia completo, com todas as suas prodígias vinte e quatro horas, contadas entre diurnas e noturnas, matutinas e vespertinas, sem que tivesse sucedido um falecimento por doença, uma queda mortal, um suicídio levado a bom fim, nada de nada, pela palavra nada.”

Assim começa a obra de José Saramago, As Intermitências da Morte, onde o autor expõe da sua forma tão única os seus pareceres sobre a vida, a morte, o amor e o sentido da nossa existência."

Fonte: https://ignaravedeta.wordpress.com/2015/02/09/clube-do-livro-as-intermitencias-da-morte/

 

Dica de filme - Forrest Gump

Luciana Andrade

 

Bibliotecária e Psicologa formada há alguns anos.. Atua na área de psicologia com consultório e no SOS Ação mulher e família como Psicologa voluntária . Cursou biblioteconomia por adorar os livros e assim ficou conhecendo mais profundamente a história literária. Através de filmes e livros consegue entrar em mundos reais, imaginários , fantásticos o que deixa o coração e a mente livres para conhecer , acreditar e principalmente sonhar.



Dicas de livros e filmes por Luciana Andrade - Filme (Linda de Morrer) e Livro (Ensaio sobre a lucidez do José Saramago)

Dica de filme: Linda de Morrer

Dica de livro: Ensaio sobre a lucidez de José Saramago

"Este romance de José Saramago é como que o «sucessor» do livro "Ensaio sobre a Cegueira", pois inclui grande parte das personagens deste último, salientando-se ao longo de toda a obra a antítese "cegueira"/"lucidez". Em "Ensaio sobre a Lucidez" a acção constitui toda ela uma metáfora, que critica o governo e hierarquias da nossa sociedade, e foi precisamente a sua temática que me motivou a ler este livro, além de que já tinha ouvido bons comentários acerca da obra.

Para todos aqueles que tiverem curiosidade, posso adiantar que o enredo gira em torno das eleições realizadas numa cidade (aparentemente) surpreendida por significativos números de abstenção, onde se  evidencia a "cegueira" do poder politico que se esforça por responsabilizar alguém -que não ele próprio - por toda aquela situação.

Apesar de já ter ouvido falar na obra "Ensaio sobre a Cegueira", nunca tive contacto com ela e, portanto, no inicio de "O Ensaio Sobre a Lucidez" tornou-se um pouco confusa a compreensão de toda a história: não só pelas personagens que acarretavam consigo toda uma história antecedente, mas também pela escrita singular de José Saramago. Na minha opinião esta é uma obra que exige alguma maturidade enquanto leitores, pelo que, para jovens da minha idade, acho que ficamos sempre aquém das segundas interpretações dissimuladas pelo escritor nas entre-linhas. Portanto, daquilo que consegui reter, saliento a critica intemporal aos governantes desta cidade, sinédoque de tantas outras. Mas o que, na verdade, podemos concluir através da leitura deste livro é que devemos ter a lucidez necessária para conseguir viver no seio desta nossa sociedade, onde muitos - comandados pela ambição- abusam do poder e de todos aqueles que se encontram em hierarquias inferiores. No fim de contas, não somos assim tão diferentes dos "cegos" que co-habitam connosco , aliás, muitas das vezes nós próprios nos deixamos contagiar por essa mesma cegueira, não olhando a meios para atingir os fins que pretendemos. E é assim que, através de multiplas metáforas, Saramago transpõe para o papel toda a maldade, fragilidade e corrosão da sociedade moderna, questionando a eficácia da democracia".

Fonte: http://whytheskyisblue.blogs.sapo.pt/70757.html

Luciana Andrade

 

Bibliotecária e Psicologa formada há alguns anos.. Atua na área de psicologia com consultório e no SOS Ação mulher e família como Psicologa voluntária . Cursou biblioteconomia por adorar os livros e assim ficou conhecendo mais profundamente a história literária. Através de filmes e livros consegue entrar em mundos reais, imaginários , fantásticos o que deixa o coração e a mente livres para conhecer , acreditar e principalmente sonhar.

Dicas de filmes e livros por Luciana Andrade - Filme (Inocente face do terror) e livro (história do cerco de Lisboa)

Dica de filme: Inocente face do terror

Dica de livro: História do cerco de Lisboa

Um ato gratuito, sem explicações aparentes, compele o revisor Raimundo Silva a inserir um termo que falsifica a “verdade” histórica. Essa fraude que se impõe àquele fiel respeitador de textos alheios é a origem da fascinante fabulação que Saramago sobrepõe à história do cerco de Lisboa.
A nova história do cerco é a crônica do amor tardio do revisor falsário por Mara Sara, que se espelha, oito séculos depois, no amor primevo do soldado Mogeuime por Ouroana, aos pés da cidade prestes a cair. Assim, a Lisboa de Saramago também se refaz nas ruas da cidadela moura e no arraial português, e o que surge desse amálgama é a um só tempo um thriller e um retrato histórico, como só a mais acabada literatura é capaz de fazer.

Fonte: http://www.companhiadasletras.com.br/detalhe.php?codigo=80184

Luciana Andrade

 

Bibliotecária e Psicologa formada há alguns anos.. Atua na área de psicologia com consultório e no SOS Ação mulher e família como Psicologa voluntária . Cursou biblioteconomia por adorar os livros e assim ficou conhecendo mais profundamente a história literária. Através de filmes e livros consegue entrar em mundos reais, imaginários , fantásticos o que deixa o coração e a mente livres para conhecer , acreditar e principalmente sonhar.