LBV mobiliza a sociedade em prol do brincar e da prática esportiva para crianças e jovens

 

A Legião da Boa Vontade (LBV) está realizando mais uma edição de sua campanha Eu ajudo a mudar!, iniciativa que tem o objetivo de mobilizar as pessoas para que contribuam para a manutenção das ações e dos programas socioeducacionais promovidos pela Instituição em todo o Brasil.

Eu Ajudo a Mudar_ed 2019_brincar_02.jpg

 

Na edição deste ano, a campanha destaca a importância do esporte e do brincar saudável na vida diária de crianças, adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade social. A LBV acredita que essas práticas devem ser constantemente incentivadas a fim de que colaborem para fortalecer o protagonismo infantojuvenil, para garantir a proteção dos direitos desse público e para fomentar bons valores, entre os quais a solidariedade, o respeito, a união, a disciplina, a responsabilidade e o companheirismo.

 

As atividades esportivas e lúdicas na infância, por exemplo, colaboram para o desenvolvimento de aspectos físicos e motores, sociais, afetivos e cognitivos. Também despertam, entre outros benefícios, a criatividade, a imaginação, a capacidade de resolver problemas, a expressar sentimentos, a respeitar os colegas e auxilia no controle da ansiedade e na socialização.

 

Para que milhares de crianças, adolescentes e jovens tenham esses direitos assegurados, a Solidariedade faz toda a diferença. Por isso, a Legião da Boa Vontade convida a todos a fazer parte dessa iniciativa integrando o time da campanha Eu ajudo a mudar.  

 

Visite, apaixone-se e ajude a LBV! Acesse: www.lbv.org. Siga, curta e compartilhe as ações da Instituição nas redes sociais no endereço: LBVBrasil no Facebook, no Instagram e no YouTube.

Período de férias: hora de colorir mais!

Durante as férias escolares, os atendidos pelo programa Criança: Futuro no Presente! podem optar por continuar participando das atividades oferecidas pela LBV.

lbv.jpg

O mês de julho é tempo de férias escolares. É hora de dar uma pausa nas tarefas de português, matemática, ciências, história... Artes? Na escola sim, mas não em outros ambientes, pois desenhar e colorir são algumas das atividades preferidas do público infantojuvenil. Essas práticas são algo intrínseco na vida de crianças e adolescentes. Percebe-se que, logo nos primeiros anos de existência, traçar linhas e formas é algo atrativo para o infante, seja com lápis no papel ou com um graveto na areia.

Na escola, quando a professora determina afazeres com desenho livre, é uma alegria que só! Já fomos crianças e sabemos dessa realidade. Porém, essa atividade se restringe apenas a momentos de diversão? Para os educadores, o esforço vai muito além. A tarefa ajuda no desenvolvimento da coordenação motora, no despertar do senso crítico, amplia a criatividade e ainda trabalha a imaginação dos participantes.

Consciente dos benefícios dessa atribuição, a Legião da Boa Vontade (LBV) inclui constantemente esse tipo de afazer na grade de atividades socioeducativas de meninas e meninos atendidos pelo Criança: Futuro no Presente!.

A educadora social Jane Paiva Norberto, integrante da unidade II da LBV, em Campinas/SP, destaca outros aspectos positivos propiciado pelas atividades artísticas: "Desenhar e colorir possibilita a percepção espacial, reforça o sentimento de respeito, sem contar que o momento permite que expressem seus sentimentos, criando novos vínculos e fortalecendo os já existentes", afirma.

No mês de julho, atividades com desenho e pintura são intensificadas na Oficina de Arte e Cultura. Por conta da pausa no período escolar, os Centros Comunitários de Assistência Social da Instituição adotam características semelhantes a uma colônia de férias.

Nesse tempo, a equipe social da LBV monta um cronograma contendo as atividades mais legais, segundo a concepção das crianças e dos adolescentes atendidos. Dentre jogar bola, fazer bolhas de sabão e pular corda, desenhar e colorir também estão no ranking de melhores afazeres.

Dinâmicas em grupo também são realizadas e constituem momentos para inventar histórias, questionar a lógica dos traços e linhas, falar coisas engraçadas, porém, sempre de maneira muito saudável, ao passo que os educadores sociais acompanham o perfil de interatividade entre os participantes.

Vale destacar que na LBV todas as ações voltadas para o público infantojuvenil são norteadas pela Pedagogia do Afeto (destinada a crianças de até os 10 anos de idade) e pela Pedagogia do Cidadão Ecumênico (aplicada àqueles que têm a partir dos 11 anos de idade), linha educacional criada pelo diretor-presidente da LBV, o edu­cador Paiva Netto.

A proposta da Pedagogia da Boa Vontade é que se some aos valores espirituais, éticos e ecumênicos, o saber intelectual para que haja maior enriquecimento do conteúdo pedagógico oferecido.

Visite, apaixone-se e ajude a LBV! Em Campinas/SP, a unidade I da LBV está localizada na Rua Professora Maria Cecília Tozzi, 391 - Vila Rica. Contato pelo telefone: (19) 3227-3888. E a unidade II da Instituição localiza-se na Rua Nelson Barbosa da Silva, 289 - Jd. Profilurb. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone: (19) 3224-3033.

Celso Antunes fará a palestra inaugural do Congresso de Educação da LBV em SP

De 26 a 28 de junho, a Legião da Boa Vontade (LBV) promoverá, na capital paulista, o seu 21º Congresso Internacional de Educação. Sob o tema “A avaliação como diagnóstico do conhecimento do estudante: uma visão além do intelecto”, o evento terá nos três dias palestras e oficinas pedagógicas, que visam colaborar para a formação continuada de pesquisadores, docentes, discentes, pais e profissionais ligados à Educação e áreas afins, por um ensino que alie Espiritualidade Ecumênica à qualidade pedagógica.  

Congresso Internacional de Educação da LBV em 2018.jpg

 A abertura oficial ocorrerá no dia 26, às 19 horas, e terá palestra inaugural com o professor e escritor Celso Antunes, mestre em Ciências Humanas e especialista em Inteligência e Cognição; graduado em Geografia pela Universidade de São Paulo (USP); membro consultor da Associação Internacional pelos Direitos da Criança Brincar, reconhecido pela Unesco; embaixador de La Educacion – Organización de Estados Americanos; membro-fundador da Entidade “Todos pela Educação”; consultor educacional do Canal Futura; e pró-reitor do Centro Universitário Sant'Anna.

 

Nos dias 27 e 28 (quinta e sexta-feiras), o evento contará com palestras de Talita Pazeto, mestre e doutora em Distúrbios do Desenvolvimento pela Universidade Presbiteriana Mackenzie; pós-graduada em Psicopedagogia; pesquisadora e integrante da equipe Neuropsicologia Infantil e psicopedagoga do Instituto de Desenvolvimento Humano (INDH). Palestra: “Alunos com dificuldade de aprendizagem: intervenções na sala de aula”. — Daniela Alonso Vieira, pedagoga, neuropsicopedagoga e psicopedagoga; especialização em MBA-Gestão Educacional e Pedagogia Empresarial; docente em cursos do Ensino Superior, em Pedagogia e na Pós-Graduação; diretora do Espaço Conviver e Aprender. Palestra: “Avaliação qualitativa: como valorizar as habilidades de um grupo heterogêneo”. Luiz Renato Rodrigues Carreiro, doutor e mestre em Ciências (Fisiologia Humana) pela USP-SP; psicólogo; coordenador do Programa de pós-graduação Stricto Sensu em Distúrbios do Desenvolvimento, da Universidade Presbiteriana Mackenzie; editor da Revista Psicologia Teoria e Prática. Palestra: “Empatia e educação inclusiva: compreensão integral do aluno e formação docente”. — Andreia de Jesus, pedagoga; especialista em Neurociência Pedagógica; pós-graduanda em Psicopedagogia; coordenadora do Programa LBV — Potencializando Habilidades, no Rio de Janeiro/RJ. Palestra: Programa LBV — Potencializando Habilidades e sua prática no Centro Educacional José de Paiva Netto. — Suelí Periotto, doutora e mestre em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP); supervisora da Pedagogia do Afeto e da Pedagogia do Cidadão Ecumênico, que compõem a linha educacional da LBV. Palestra: “A avaliação como diagnóstico do conhecimento do estudante: uma visão além do intelecto”.

 

A programação abrange também 14 oficinas pedagógicas temáticas. As inscrições estão abertas e podem ser feitas pelo site www.lbv.org.br/congressodeeducacao, pelos telefones: (11) 3225-4590 ou 3361-6078 ou ainda via e-mail iejpn@lbv.org.br.

 

Serviço

Evento: 21º Congresso Internacional de Educação da LBV.

Tema: “A avaliação como diagnóstico do conhecimento do estudante: uma visão além do intelecto”.

Dias e horários: 26/6, das 18 às 22 horas; 27 e 28/6, das 8h30 às 17h30.

Local: Instituto de Educação José de Paiva Netto (Av. Rudge, 700, Bom Retiro — São Paulo/SP).

Informações/inscrições: (11) 3225-4590 ou 3361-6078 | iejpn@lbv.org.br

Site: www.lbv.org.br/congressodeeducacao

Canil da GMC apresenta número com cães a crianças atendidas pela LBV

Integrantes do Canil da Guarda Municipal de Campinas (GMC) estiveram nas unidades socioeducacionais da Legião da Boa Vontade (LBV) nos dias 7 e 9 de maio para a realização do Dog Show.

canil.jpg

Na oportunidade, cerca de 300 crianças e adolescentes atendidos pela Instituição assistiram a diversas demonstrações de busca, apreensão e farejamento com cães das raças rotweiller, beagle, labrador e pastor alemão.

“Os animais são muito importantes no apoio à GMC. Os cães de faro, por exemplo, conseguem detectar odores a grandes distâncias, o que agiliza nosso trabalho por busca e apreensão de entorpecentes.”, destacou o Guarda Municipal Josué Libanio.

Canil 66.jpg

O objetivo da apresentação é reforçar quão ágeis podem ser os cães quando bem treinados. “Além dos números, trazemos os animais para interagir com o público. Foi maravilhoso ver as crianças brincando com os cães, que são dóceis.”, relatou o também Guarda Municipal Afonso Simão de Freitas.

 

 

 

 

A LBV está realizando uma Campanha de Conscientização sobre o Aedes aegypti - (Dengue)



Crianças atendidas pela LBV ensinam como combater o mosquito

Anúncio_14x7_EAM_JM.jpg

Mobilizar a sociedade a formar uma força-tarefa para o combate ao Aedes aegypti, transmissor do Zika e também vetor da dengue e da chikungunya é um dos objetivos da campanha Eu ajudo a mudar! promovida pela Legião da Boa Vontade (LBV) em todo o país. As crianças, todas atendidas pela Instituição, ensinam ações simples, mas importantes para o combate eficaz ao mosquito. Acesse, assista e compartilhe: https://www.lbv.org/as-criancas-da-lbv-sabem-como-combater-a-dengue-quer-aprender

Sua doação faz a diferença!

Para dar continuidade ao amplo trabalho que realiza na melhoria da qualidade de vida de milhares de pessoas e famílias em risco social, oferecendo educação, cultura, saúde, alimentação, oportunidades, cidadania, dignidade, confiança no futuro e bem-estar, a Legião da Boa Vontade conta com a ajuda de todos.

Colabore! As doações para a manutenção dos programas socioeducacionais da Legião da Boa Vontade podem ser feitas pela página eletrônica www.lbv.org. Acesse os perfis da Instituição nas redes sociais no endereço: LBVBrasil no Facebook, no YouTube e no Instagram.