Crítica de cinema por Vicente Neto - Filmes: Extremamente perverso, escandalosamente cruel e vil, A espiã vermelha e Atentado ao Hotel Taj Mahal

Extremely Wicked, Shockingly Evil and Vile (título em Português: “Extremamente Perverso, Escandalosamente Cruel e Vil”)

Extremely-Wicked-and-Shockingly-Evil-movie-poster.jpg

Desde sempre, ouvia falar no nome de Ted Bundy, como um serial killer americano, mas pouco sabia dos detalhes da sua história. Assisti recentemente, na Netflix, um documentário sobre sua vida. Quando vi que este filme seria lançado, fiquei curioso para saber como retratariam a vida dele e como Zac Efron sairia como este personagem.

 Ted Bundy (Zac Efron), matou, pelo menos, 30 mulheres em sete estados norte-americanos durante a década de 1970. O filme é contado a partir do ponto de vista de sua namorada, Liz, que não tinha conhecimento de seus crimes.

 Filme foi bastante fiel aos fatos reais, com algumas partes fictícias para dar sentido ao enredo proposto. Zac mandou bem no seu papel. Achei o filme bastante interessante!

 

Red Joan (título em Português: “A Espiã Vermelha”)

Red Joan Poster.jpg

O que me atraiu para assistir, foi a atriz principal Judi Dench. Depois, assisti ao trailer e me interessei mais.

 Em 2000, Joan Stanley (Judi Dench) vive tranquilamente a sua aposentadoria, mas a sua vida pacata é subitamente perturbada quando o MI5 a prende, acusando-a de fornecer informações à Rússia comunista.

A sua história começa em 1938, quando Joan, uma estudante de Física, em Cambridge, se apaixona pelo jovem comunista Leo Galich, e através dele, começa a entender o pouco equilíbrio entre as forças que governam o mundo. Mais tarde, durante a II Guerra Mundial, enquanto trabalhava em um centro de investigação nuclear altamente secreto, Joan percebe que esse equilíbrio pode estar em risco e tende para a destruição mundial.

Ao longo do interrogatório policial, Joan vai revivendo alguns dos momentos mais marcantes da sua vida, justificando, perante os filhos e às autoridades, os motivos que a levaram a trair o próprio país.

 Filme muito interessante, um bom enredo, mas um pouco lento também. Mas vale assistir!

 Hotel Mumbai (título em Português: “Atentado ao Hotel Taj Mahal”)

Havia visto o poster do filme e não liguei muito, pois não me recordava desse atentado de 2008. Mas quando assisti ao trailer, fiquei muito interessado em assisti-lo.

Em 2008, o grupo islâmico Lashkar-e-Taiba executou doze ataques pela Índia, concentrados principalmente na cidade de Mumbai. Os tiroteios e explosões deixaram 164 mortos e mais de 300 feridos.

Durante os ataques terroristas ao famoso Hotel Taj Mahal, o renomado chef Hemant Oberoi e o garçom Arjun (Dev Patel) arriscam suas vidas para proteger as demais vítimas.

Em meio ao caos, David (Armie Hammer) e sua esposa Zahra buscam algum meio de retornar ao quarto em que estão hospedados, já que nele está seu bebê e Sally, sua babá.

Um dos poucos filmes que me deixou ansioso e aflito por bastante tempo. Gostei bastante! E fiquei com ainda mais asco desses jihadistas hipócritas. Para quem gosta desse tipo de ‘aflição’, recomendo fortemente.

Vicente.jpg

Vicente Neto

Coluna Crítica de Cinema

Engenheiro que, desde pequeno, é apaixonado por cinema. Procura assistir a todos os filmes possíveis na telona e, se deixa escapar, assiste em DVD. Costuma sempre ver o lado bom de cada filme que assiste, mesmo se este não agradar muito. Suas críticas são praticamente uma conversa entre amigos, comentando do filme que assistiu.

Crítica de cinema por Vicente Neto - Filmes: The mule (A Mula); The Favourite (A Favorita) e Cold Pursuit (Vingança a sangue frio)

The Mule (título em Português: “A Mula”)

TheMule.jpg

Não sou muito fã do Clint Eastwood como ator, mas como diretor, ele manda bem. Os filmes que eu vi com ele na direção, me agradaram bastante. Então, não pude deixar de assistir a mais este.

Earl Stone (Clint Eastwood), um horticultor de 90 anos, que se encontra falido e sozinho. Na sequência do processo de falência da sua empresa, um conhecido lhe propõe um trabalho de motorista. Parece uma tarefa fácil, mas sem que ele perceba, Earl se vê contratado por um cartel de droga mexicano. Graças à sua eficiência, aumentam a frequência de carregamentos e o coloca a serviço de um perigoso traficante.

O misterioso novo transportador atraiu as atenções do agente do DEA Colin Bates (Bradley Cooper), que é pressionado pelos seus superiores, a capturar a tal famosa ‘mula’.

O enredo é bem interessante, e li em alguns sites que se trata de uma história real. O elenco está muito bem, e o filme prende a nossa atenção. Vale assistir!

 The Favourite (título em Português: “A Favorita”)

TheFavourite.jpg

Confesso que pelo trailer, não me interessei tanto em assistir ao filme... mas depois, ao ler que teve 10 indicações ao Oscar, e o elenco era dos bons, acabei me animando!

 Inglaterra está em conflito com França (século XVIII). Anne, a rainha inglesa, é uma mulher doente e frágil que, apesar de se assumir como governante, deixa todas as decisões nas mãos de Sarah Churchill (Rachel Weisz), a duquesa de Marlborough, sua amiga e confidente. Quando Abgail (Emma Stone), uma aristocrata falida, chega ao palácio, torna-se próxima de Sarah, vendo aí, uma oportunidade de voltar às suas raízes aristocráticas.

À medida que os assuntos de estado começam a exigir cada vez mais tempo e esforço de Sarah, Abgail encontra aí a oportunidade que esperava para se aproximar da monarca e cair nas suas graças.

 Filme bem interessante, e até bem divertido. Não sei se merece o Oscar de ‘melhor filme’, mas garanto ser um bom divertimento (apesar de achar que poderia ter uns bons minutos a menos).

  Cold Pursuit (título em Português: “Vingança a Sangue Frio”)

cold pursuit poster.jpg

Quando assisti ao trailer, imaginei que seria MAIS UM filme de ação/vingança protagonizado por Liam Neeson. Mais um dos vários. E é...

Nels Coxman (Liam Neeson) é um homem tranquilo, que trabalha como limpador de neve na pequena cidade de Kehoe, e cuja vida sofre uma reviravolta quando o filho é morto por um poderoso traficante de drogas. Magoado, irá fazer de tudo para matar os culpados pela morte de seu filho.

Remake do norueguês “Kraftidioten” (de 2014), é realmente mais do mesmo. Pra quem gosta do estilo, eu sugiro aguardar passar na TV ou Netflix, pois apesar de ter boas cenas de ação, alguns diálogos, especialmente do elenco coadjuvante, são sofríveis.

Vicente.jpg

Vicente Neto

Coluna Crítica de Cinema

Engenheiro que, desde pequeno, é apaixonado por cinema. Procura assistir a todos os filmes possíveis na telona e, se deixa escapar, assiste em DVD. Costuma sempre ver o lado bom de cada filme que assiste, mesmo se este não agradar muito. Suas críticas são praticamente uma conversa entre amigos, comentando do filme que assistiu. 

Dicas de livros e filmes por Luciana Andrade - Livro: Origem e Filme: Paisagem de Natal

Dicas de livro - Origem de Dan Brown

download (1).jpg



“Robert Langdon, o famoso professor de Simbologia de Harvard, chega ao ultramoderno Museu Guggenheim de Bilbao para assistir a uma apresentação sobre uma grande descoberta que promete “mudar para sempre o papel da ciência”.

O anfitrião da noite é o futurólogo bilionário Edmond Kirsch, de 40 anos, que se tornou conhecido mundialmente por suas previsões audaciosas e invenções de alta tecnologia. Um dos primeiros alunos de Langdon em Harvard, há 20 anos, agora ele está prestes a revelar uma incrível revolução no conhecimento… algo que vai responder a duas perguntas fundamentais da existência humana.

Os convidados ficam hipnotizados pela apresentação, mas Langdon logo percebe que ela será muito mais controversa do que poderia imaginar. De repente, a noite meticulosamente orquestrada se transforma em um caos, e a preciosa descoberta de Kirsch corre o risco de ser perdida para sempre.

Diante de uma ameaça iminente, Langdon tenta uma fuga desesperada de Bilbao ao lado de Ambra Vidal, a elegante diretora do museu que trabalhou na montagem do evento. Juntos seguem para Barcelona à procura de uma senha que ajudará a desvendar o segredo de Edmond Kirsch.

Em meio a fatos históricos ocultos e extremismo religioso, Robert e Ambra precisam escapar de um inimigo atormentado cujo poder de saber tudo parece emanar do Palácio Real da Espanha. Alguém que não hesitará diante de nada para silenciar o futurólogo.

Numa jornada marcada por obras de arte moderna e símbolos enigmáticos, os dois encontram pistas que vão deixá-los cara a cara com a chocante revelação de Kirsch… e com a verdade espantosa que ignoramos durante tanto tempo”.

Fonte: https://www.saraiva.com.br/origem-9731880.html

Dicas de filme - Paisagem de Natal

download.jpg
Luciana.jpg


Luciana Andrade

Coluna Dica de Livros e Filmes

Bibliotecária e Psicologa formada há alguns anos.. Atua na área de psicologia com consultório e no SOS Ação mulher e família como Psicologa voluntária . Cursou biblioteconomia por adorar os livros e assim ficou conhecendo mais profundamente a história literária. Através de filmes e livros consegue entrar em mundos reais, imaginários , fantásticos o que deixa o coração e a mente livres para conhecer, acreditar e principalmente sonhar. Email: luser8363@gmail.com

Dicas de livros e filmes por Luciana Andrade - Livro: Mitologia nórdica e Filme: Cartão de Natal

Dicas de livro: Mitologia nórdica de Neil Gaimam

MitologiaNordica_G.jpg

“Quem, além de Neil Gaiman, poderia se tornar cúmplice dos deuses e usar de sua habilidade com as palavras para recontar as histórias dos mitos nórdicos? Fãs e leitores sabem que a mitologia nórdica sempre teve grande influência na obra do autor. Depois de servirem de inspiração para clássicos como Deuses americanos e Sandman, Gaiman agora investiga o universo dos mitos nórdicos.

Em Mitologia nórdica, ele vai até a fonte dos mitos para criar sua própria versão, com o inconfundível estilo sagaz e inteligente que permeia toda a sua obra.

Fascinado por essa mitologia desde a infância, o autor compôs uma coletânea de quinze contos que começa com a narração da origem do mundo e mostra a relação conturbada entre deuses, gigantes e anões, indo até o Ragnarök, o assustador cenário do apocalipse que vai levar ao fim no mundo. Às vezes intensos e sombrios, outras vezes divertidos e heroicos, os contos retratam tempos longínquos em que os feitos dos deuses eram contados ao redor da fogueira em noites frias e estreladas.

Mitologia nórdica é o livro perfeito para quem quer descobrir mais sobre a mitologia escandinava e também para aqueles que desejam desvelar novas facetas dessas histórias”.

Fonte: https://www.intrinseca.com.br/livro/727/

Dicas de filme: Cartão de Natal (Netflix)

download.jpg
Luciana.jpg

Luciana Andrade

Coluna Dica de Livros e Filmes

Bibliotecária e Psicologa formada há alguns anos.. Atua na área de psicologia com consultório e no SOS Ação mulher e família como Psicologa voluntária . Cursou biblioteconomia por adorar os livros e assim ficou conhecendo mais profundamente a história literária. Através de filmes e livros consegue entrar em mundos reais, imaginários , fantásticos o que deixa o coração e a mente livres para conhecer, acreditar e principalmente sonhar. Email: luser8363@gmail.com

Crítica de cinema por Vicente Neto - Filmes: Overlord, Fantastic Beasts: The Crimes of Grindelwald e Widows

Overlord (título em Português: “Operação Overlord”)



Overlord-movie-poster.jpg

Mais um filme que acabei indo assistir por falta de opção. Dos filmes em cartaz, foi o que mais me interessou, apesar de não ter gostado muito do que vi no trailer.

 Nos dias anteriores às operações de desembarques na Normandia, o Dia D, um grupo de para-quedistas norte-americanos aterra numa aldeia francesa ocupada pelos alemães. A missão é destruir um transmissor de rádio no torre de uma igreja. Mas o que eles vão descobrir num laboratório nazista situado debaixo do edifício, vai muito além do esperado.

Posso dizer que foi uma surpresa boa. Apesar de não ser O filme, foi melhor do que eu esperava (achava que teriam alguns absurdos com zumbis, etc.). Vale a pena para quem gosta de filme de guerra. E a sequência inicial, da descida dos paraquedistas, é muito boa. Valeu assistir!

  

Fantastic Beasts: The Crimes of Grindelwald (título em Português: “Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald”)



FantasticBeasts.jpg

Assisti ao filme anterior e tava bastante curioso para ver este, mas mais pelos efeitos especiais do que pela história, pois pouco lembrava do primeiro.

Newt Scamander é recrutado por Dumbledore, seu antigo professor em Hogwarts, para enfrentar o terrível Gellert Grindelwald (Johnny Depp), considerado um dos mais poderosos feiticeiros de todos os tempos, que recentemente escapou da prisão. Como prometido quando foi capturado pelo MACUSA (Congresso Mágico dos Estados Unidos), Grindelwald pretende reunir magos puro sangue dos quatro cantos do mundo e assim dominar toda a população não-mágica.

Para ajudá-lo a impedir o vilão, Newt terá a seu lado Tina Goldstein e Jacob Kowalski, os únicos em quem pode confiar.

Prato cheio pra que gostou do primeiro filme e quem é fã dos filmes de Harry Potter. É um bom divertimento!

  

Widows (título em Português: “As Viúvas”)



Widows-Poster.jpg

Quando assisti ao trailer, e vi que tinha Viola Davis no elenco, fiquei com muita vontade de assistir. Assim que estreou, fui conferir.

O enredo é inspirado na série britânica dos anos 1980. Neste caso, a história se passa em Chicago, nos EUA.

As ‘viúvas’ são quatro mulheres que não têm nada em comum, exceto uma dívida deixada pelos seus maridos mortos - criminosos que trabalhavam juntos, mas um golpe arriscado revelou-se fatal.

Para pagarem essa dívida e conseguirem sobreviver, este grupo de mulheres tem que se unir para um crime que vai resolver tudo (os maridos já tinham o plano para este golpe que nunca chegaram a conseguir fazer).

Vale a pena assistir! Muito interessante e surpreendente. Só poderia ser um pouquinho menos longo, mas nada que atrapalhe. Gostei!

Vicente.jpg

Vicente Neto

Coluna Crítica de Cinema

Engenheiro que, desde pequeno, é apaixonado por cinema. Procura assistir a todos os filmes possíveis na telona e, se deixa escapar, assiste em DVD. Costuma sempre ver o lado bom de cada filme que assiste, mesmo se este não agradar muito. Suas críticas são praticamente uma conversa entre amigos, comentando do filme que assistiu.