Os jardins secretos de Lisboa vão estar abertos ao público e é grátis

Esta vai ser a terceira edição do festival que dá acesso a espaços da capital que não costumam estar abertos ao público.

c5d6d85e10294f99b090150bce2b19bc-754x394.jpg

Nos dias 25 e 26 de maio, que acontece mais uma edição do festival Jardins Abertos. Nesse fim de semana vai poder visitar os vários jardins de Lisboa, nos quais haverá atividades relacionadas com jardinagem e plantas, percursos e visitas guiadas. O objetivo desta iniciativa é sensibilizar a população para uma melhor preservação dos espaços verdes na capital. 

Em ambos os dias, das 10 horas às 22h30 (aproximadamente), vai poder participar em percursos e visitas guiadas, exposições (de design sustentável, orquídeas, entre outros), conversas e oficinas sobre jardinagem (tanto para adultos como para miúdos), assistir a vídeo-instalações e sessões de cinema ambiental. 

Fazem parte dos espaços que vão abrir portas os jardins do Grémio Literário, do Palácio da Fronteira e da Embaixada de Itália, por exemplo. Também terá livre acesso para entrar no Jardim Botânico da Ajuda, na Estufa Fria de Lisboa e nos Jardins do Palácio de Belém. 

O domingo vai terminar numa festa de celebração da primavera, das 17 horas às 22 horas, no Jardim Braancamp Freire, onde vai haver música de DJ, um concerto e alimentação saudável ao longo da noite, tudo isto aberto a todos os participantes. 

Quanto às entradas, não precisa de se preocupar – a participação no evento Jardins Abertos é totalmente gratuita, tanto nas visitas como nas atividades. Não são necessárias inscrições e os participantes são encaminhados consoante a ordem de chegada e a lotação de cada espaço. A programação completa vai estar brevemente disponível para consulta no site do festival. 

Fonte: https://nit.pt/out-of-town/back-in-town/jardins-secretos-lisboa-abertos-publico?fbclid=IwAR1iwNmqaQK99E3FVYZ9SgonPwDfJahPqbZ08cafpHX4g4bBGwBlTIJUxrU

Famoso bonde lisboeta “Prazeres 28”, de Portugal, desembarca no Iguatemi Campinas

De 20 a 22 de março, clientes do shopping poderão conhecer mais sobre a cultura e as belezas naturais do país mais ocidental da Europa

image005.jpg

Réplicas de dois dos principais ícones culturais e turísticos de Portugal - o bonde lisboeta “Prazeres 28” e a estátua do escritor português Fernando Pessoa - estarão no Shopping Center Iguatemi Campinas de 20 a 22 de março. A chegada do bondinho à cidade marca a ação conjunta entre o Turismo de Portugal e a empresa TAP para promover o país mais ocidental da Europa como destino turístico.

 

Nos últimos anos, Portugal tem registrado uma crescente demanda de visitantes do Brasil. Estima-se que, anualmente, mais de 600 mil turistas brasileiros visitam o país luso, o que faz do Brasil o sexto maior mercado de procura externa para Portugal.

 

Para apresentar todos os encantos de um destino turístico moderno e diversificado, mas que mantém as suas raízes, quem tomar assento no bonde “Prazeres 28”, instalado no primeiro piso do Iguatemi Campinas, em frente à loja GAP, embarcará em uma viagem histórico-cultural, gastronômica e pelas belezas naturais de Portugal.

 

A experiência proporcionará um mergulho na vasta riqueza cultural, passando por cidades e localidades referenciadas como patrimônio cultural mundial pela Unesco. A viagem segue pelas regiões vinícolas, pelo universo da boa mesa, com os pratos mais sofisticados da culinária lusa, preparados por chefs conceituados no Velho Continente e refinados vinhos e castas, marcas registradas da terra do poeta Luís Vaz de Camões em todo o planeta.

 

O bondinho também faz uma viagem pelas ruas e pontos importantes de Lisboa no clássico trajeto do “Prazeres 28” e vai além, mostrando elementos culturais como a decoração, que inclui referências à Biblioteca de Coimbra, à Casa da Música no Porto, à guitarra portuguesa e à visão de Lisboa sobre o Tejo e os tradicionais azulejos portugueses. Todo o “percurso” é feito na companhia do poeta Fernando Pessoa, que terá a réplica da sua estátua em frente ao bondinho para quem quiser tirar foto.

 

Confira a programação do bonde lisboeta “Prazeres 28”:

 

20/03 – Profissionais de turismo participarão de uma ação de capacitação sobre Portugal, em uma viagem pelo país e pelas suas sete regiões turísticas. Ao fim do treinamento, os participantes receberão um certificado. Exclusivo para agentes de viagem inscritos na atividade.

 

21 e 22/03 – O bonde lisboeta estará aberto para o público, que poderá embarcar no bondinho e visitar a exposição turística sobre Portugal, durante o horário de funcionamento do shopping, das 10h às 22h. A visita é gratuita.

 

Sobre o Iguatemi Campinas - O Shopping Center Iguatemi Campinas foi o primeiro shopping do Brasil construído fora das grandes capitais e tornou-se o melhor complexo de uso misto do interior de São Paulo.  Segundo shopping da Iguatemi Empresa de Shopping Centers e maior complexo da rede, são 388 operações com diversas opções de moda – marcas nacionais e internacionais –, gastronomia, casa/decoração, tecnologia, cultura e lazer.  Com um ambiente agradável e pensado nos mínimos detalhes, o empreendimento proporciona conforto e conveniência para seus clientes em um único lugar e apresenta diferenciais como o mais moderno teatro da cidade, dois complexos de cinema – incluindo um prime –, duas megalivrarias, além da única torre de estacionamento coberto entre os shoppings da região, com sistema de sinalização de vagas.

Blazer bicolor, nova moda entre as portuguesas! Gostei do look de Cristina Ferreira

Os visuais da apresentadora de televisão têm merecido a atenção dos fãs

Cristina.jpg

Cristina Ferreira surgiu esta terça-feira, 26 de fevereiro, com um blazer bicolor, impressionando os fãs pela sua escolha. Rosa pálido na parte de cima e rosa choque na parte de baixo, a peça é, como habitualmente, da sua marca Casiraghi Forever.

Cristina1.jpg

Fonte: http://caras.sapo.pt/famosos/2019-02-26-Cristina-Ferreira-impressiona-com-blazer-bicolor?fbclid=IwAR3yxhZPtZjojX5ZUqEi5ZgDGEFknj92IurCCrSqHoKyxoe2m1-4ePHGsTU

SINTRA em Portugal -“Uma jóia da cultura portuguesa” - Coluna Viagem por Grá Vulcano

Nessa mesma época, há três anos, eu estava curtindo a Semana Santa em Portugal, na casa de meus queridos amigos portugueses Angela e Ricardo, que residem em Queluz, a 15 minutos de Lisboa. (Aliás, em um post futuro, quero escrever sobre o magnífico Palácio de Queluz, um dos lugares mais lindos em que já estive na vida!).

Foi uma semana incrível, repleta de aprendizados sobre a maravilhosa cultura portuguesa e passeios a lugares lindíssimos!! Nada melhor do que explorar um país com nativos locais! Além de excelentes companhias, meus amigos também me receberam em sua casa com o maior carinho, o que fez essa ser uma viagem mais do que especial!

Relembrando abril de 2014, me deu vontade de escrever hoje um post sobre algo de Portugal. Então, mais precisamente, resolvi relatar um pouco sobre a minha experiência em Sintra, um dos lugares que mais gostei!

Para quem curte História, castelos, palácios, ruínas, jardins incríveis, vistas de tirar o fôlego e doces deliciosos, Sintra é um destino ideal!

Se você estiver hospedado em Lisboa, por exemplo, pode fazer um passeio de um dia até Sintra e percorrer sua famosa rota, que inclui lugares imperdíveis como: Centro Histórico, Convento dos Capuchos, Palácio Nacional de Sintra, Castelo dos Mouros e Palácio da Pena (inclui também a Quinta da Regaleira com seu famoso Poço Iniciático, mas infelizmente não conseguimos ir naquele dia porque já iria fechar... mais um motivo para voltar! rs...).

Nossa primeira parada foi o Convento dos Capuchos.

Era um Convento Franciscano, construído no meio da natureza da Serra de Sintra, em 1560, para abrigar 12 monges que viviam em total despojamento e simplicidade.

O local foi abandonado, mas a mata ao redor permanece em pé, como um bom exemplo da floresta primitiva da época.

Eu acho que os Capuchos eram homens bem pequenininhos... o tamanho das portas e janelas eram bem menores do que eu!!! Rs...

Depois do passeio nos Capuchos, nossa próxima parada foi o Palácio Nacional de Sintra, moradia da nobreza por muitos anos após a origem da cidade, que fora de domínio muçulmano no início.

Lindo, gótico, repleto de azulejos maravilhosos no seu interior (eu amoooooooooo os azulejos portugueses!!!!). Mas em Sintra, particularmente, vi muitos azulejos com detalhes mais geométricos, devido a sua colonização moura (árabe).

Ao redor do Palácio Nacional, houve o crescimento da cidade ano após ano, o que resultou hoje em um Centro Histórico lindo, repleto de ruas, ladeiras, lojas, cafés, restaurantes, e que fez de Sintra um dos destinos mais procurados para quem vai a Portugal.

Almoçamos em um restaurante muito bonitinho, com mesinhas do lado de fora, em meio aquela selva de ladeiras!

Comidinhas tipicamente portuguesas (porque eu adoro comer as iguarias locais quando viajo... só não me peçam para comer escorpiões quando eu for à Ásia, ok?? rs..)

A sobremesa do almoço não poderia deixar de ser um dos doces portugueses mais famosos (e que é tipicamente de Sintra), chamado “Travesseiro de Piriquita”.

Socorroooo!!!! NÃO DEIXEMMMMM DE COMER!!!!!! É dos deuses!!!!

Ir a Sintra e não comer os Travesseiros de Piriquita é o mesmo que ir à Disney e não ver o Mickey!! Rsrs...

É uma espécie de massa folhada super crocante, com um creme de amêndoas, ovos e açúcar!

Melhor ser consumido quentinho e comprado no local original, chamado “Piriquita”.

Como a fama do doce foi aumentando ano após ano, hoje existe a “Piriquita 1” e “Piriquita 2” para venderem essas delícias.

Morro de vontade quando me lembro do gosto!!! É surreal de bom!!! Hummmm...

OBS: No Dutyfree, quando estiver deixando Portugal, você pode comprar os Travesseiros de Piriquita vendidos em caixas. É de outra marca e não tão bons quanto os originais, mas vale ao menos para trazer como lembrança para o Brasil.

Nossa terceira parada em Sintra, após devorar os Travesseiros de Piriquita no carro, foi o Castelo dos Mouros.

Do castelo original, hoje só existem as ruínas dele e de suas muralhas, que inclusive já foram restauradas.

Fica na Serra de Sintra e dele podemos ter uma vista panorâmica maravilhosa dos arredores.

Na época ele fora construído pelos mouros para a proteção de Sintra e ainda é considerado um dos castelos mais importantes da região.

OBS: Notem que eu não costumo entrar muito em detalhes históricos nos posts dos locais em que eu visito nas minhas viagens.

Apesar de achar isso muito importante para o bom entendimento, eu sei que a maioria das pessoas acaba pulando e não lendo!! Rs... estou certa??rsrs...

A quarta e última parada em Sintra foi o Palácio da Pena.

Gente!!!! Como é lindo, extravagante, enorme e super colorido!!!

De longe já conseguimos avistar os tons de amarelo e vermelho de suas torres!!!

Percorremos todo seu lindo interior, riquíssimo em artefatos, mobília, história e mistura de estilos.

Está tudo tão “no lugar”, que é como se ainda houvesse habitantes lá dentro! Boo!! Rs..

Foi construído como residência da família real portuguesa para refugiarem-se da revolução na época.

Resumidamente amados leitores, foi assim que passamos um dia maravilhoso em Sintra, de onde posso guardar até hoje em minha memória, os detalhes das visitas feitas por lá. Uma mistura de ruínas, grandeza, riqueza e muita cultura histórica.

Portanto, estando em Lisboa ou arredores, não deixe de reservar ao menos um dia para conhecer esses lugares tão pitorescos e especiais... e claro, devorar alguns Travesseiros de Piriquita!!rs...

DICAS IMPORTANTES:

- Os lugares para visitação em Sintra, citados nesse post, ficam geralmente abertos todos os dias do ano, exceto em 25/12 e 01/01.

- Os valores dos tickets de entrada variam entre $ 8,00 e $14,00 euros e podem ser comprados em forma de combos ou individuais pela internet ou em Ticket Offices espalhados pelas cidades da região.

- Você pode facilmente chagar a Sintra de carro, ônibus turístico, taxi, etc, partindo de Lisboa ou arredores. A viagem desde Lisboa é em torno de 45 minutos.

- Agora uma dica alcoólica quando estiver em Portugal!!rsrsrs... Não deixe de experimentar as maravilhosas e geladas sangrias portuguesas!!!! Tomávamos uma jarra em todos os nossos almoços!!! Seja ela branca ou tinta... sensacional!!!!

Por hoje é isso pessoal!

Espero que tenham gostado de Sintra e “visitado” comigo um pouquinho desses lugares lindos!!

Até o próximo post!!

Bjo, bjo, bjo...

Grá Vulcano

Graziella Vulcano

Coluna Viagem

 

Dentista formada pela PUC de Campinas em 1998 e dona da “Pink Honey Pães de Mel”, criada por ela em 2011. Uma grande e eterna amante de viagens pelo mundo a fora!!

Contato: gragravc@hotmail.com / pinkhoneypaodemel@hotmail.com

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

                                                                                             

 

 

Degustação para imprensa novo prato Seo Rosa do Chef Vitor Sobral

O Chef que recriou a cozinha de Portugal, convidou a imprensa para saborear novo prato elaborado exclusivamente para o Seo Rosa em parceria com azeite Andorinha! 

Uma delícia e recomendo experimentar o prato Lombo de bacalhau com legumes grelhados preparado com azeite Andorinha! Divino!

Agradecimento look blusa Marcia Mello