Galleria Shopping sedia exposição de fotos “Especial é Ser Diferente”

Mostra que visa conscientizar a população sobre os maus-tratos de animais pode ser visitada de 17 de agosto a 17 de setembro no segundo piso do empreendimento

O Galleria Shopping, em Campinas, sedia de 17 de agosto a 17 de setembro a exposição “Especial é Ser Diferente”, que traz fotos com diversas personalidades e visa conscientizar a população sobre os maus-tratos e abandono de animais vítimas de preconceito por serem fisicamente diferentes – e especiais. A mostra, promovida pela OSCIP AMPARA Animal, pode ser visitada gratuitamente no segundo piso do shopping de segunda a sábado das 10h às 22h e aos domingos, das 14h às 20h.

 

Com um conceito diferenciado e um modo inovador de educar, a exposição apresenta celebridades lindas e conscientes de sua importância na sociedade,ao lado de animais com diferentes histórias de privação e abandono, que os tornaram fisicamente diferentes, porém não menosespeciais ou generosos em seu amor incondicional.

 

Todas as celebridades da campanha foram fotografadas pelo renomado fotógrafo Jairo Goldflus, que traduziu em arte o sentimento de que precisamos mudar nossa atitude com os animais para sermos mais humanos e fazer o bem para aqueles que mais precisam.

 

Nomes como Giovanna Ewbank, Ellen Jabour, Thaila Ayala, Fernando Fernandes, Sabrina Sato, Gabriela Duarte, João Vicente de Castro, Gianne Albertoni, Débora Nascimento, José Loreto,Carol Castro, Sheron Menezes e Fiorella Mattheis apoiaram a Ampara Animal nesse projeto e estão presentes no trabalho.

 

Para conhecer um pouco mais sobre o trabalho da OSCIP AMPARA Animal, acesse o site: http://www.amparanimal.org.br.

 

Serviço

Exposição de fotos Especial é Ser Diferente

Quando: de 17 de agosto a 17 de setembro

Onde: segundo piso do Galleria Shopping (Rod. D. Pedro I, km 131,5, Jardim Nilópolis, Campinas, SP)

Horários: segunda a sábado das 10h às 22h e aos domingos, das 14h às 20h

 

Sobre o Galleria Shopping - Com arquitetura diferenciada e um ambiente paisagístico que valoriza as áreas livres e arborizadas, o Galleria Shopping foi responsável por introduzir no país o conceito delifestyle, principalmente por seguir o estilo de um open mall. O empreendimento, que pertence à Iguatemi Empresa de Shopping Centers, destaca-se como um dos mais sofisticados centros de compras do país e apresenta um mix de operações completo formado por lojas especializadas em moda e acessórios, além de opções de gastronomia, serviços, lazer e entretenimento. Adicionalmente, o shopping faz parte de um complexo multiuso e oferece conforto e conveniência para os clientes.

 

Sobre a OSCIP AMPARA Animal

A AMPARA Animal é uma organização sem fins lucrativos fundada em agosto de 2010, por um grupo de mulheres com um objetivo em comum: conscientizar a sociedade e transformar a dura realidade de cães e gatos rejeitados e abandonados. Engajada nos projetos da causa animal a instituição conta com time de colaboradores e voluntários que participam e vivenciam os projetos sociais. Suas campanhas são estreladas com amor e dedicação por atrizes, modelos, apresentadores e artistas que doam seu tempo e sua imagem em prol dos bichinhos desamparados.

Em parceria com clínicas veterinárias, a instituição cuida da saúde de animaizinhos carentes e abandonados, e promove eventos de adoção para que cães e gatos tenham um lar repleto de amor e proteção.

Prestes a completar sete anos de atuação que somam-se meio milhão de animais amparados com medicamento, ração, vacina, tratamento veterinário, campanhas de adoção e castração. Mais de 250 ONGs e protetores independentes cadastrados que são beneficiados em sistema de rodízio.

Com o sucesso do projeto piloto que desenvolveram em 2015, veio a certeza de que era possível ter um desempenho satisfatório também em ações voltadas para os silvestres do Brasil. Logo, em 2016 a AMPARA Animal ampliou suas ações e criou o braço que atende animais silvestres.

Bicho geográfico! Coluna Vida de Bicho por Isadora dos Reis Casline

Estava conversando com uma amiga, que como muita gente no período de festas( assim como eu) ,foi para a praia descansar e se divertir.

Ela me disse então que achava que tinha tomado uma picada no pé, mas que estava dolorida demais e inchada e quando foi ao médico, descobriu que na verdade era o tal bicho geográfico.

Assim, resolvi escrever esse post , pra alertar as pessoas que viajam com ou sem seus cães e gatos para a praia,sobre esse bichinho meio chato.

Como que a gente pega isso??

O bicho geográfico, conhecido cientificamente como Larva Migrans Cutânea, pode atacar cães, gatos e sendo uma zoonose , ataca o homem. Nos animais domésticos , a larva irá parasitar o intestino, sendo assim ela estará presente nas fezes destes; então se você andar descalço num gramado e entrar em contato com essas fezes contaminadas , a larva penetrará a sua pele. Muito comum acontecer na praia, pois os animais deixam suas fezes na areia e aí as pessoas entram em contato com essa areia contaminada pelas fezes. E se o animal entrar em contato com essas fezes também será parasitado.

O primeiro sintoma no ser humano é a coceira, pois a larva vai se movimentando ali, e caminhando pela pele, causando lesões . Ela penetra em qualquer parte do corpo, mas o pé é o mais comum pelo contato direto com  a areia em questão.

Eu também gosto de levar minhas cachorras nas viagens à praia, mas caminho com elas pouco na praia, e claro,indico sempre recolher as fezes do seu animal quando estiver passeando com eles, por questão de higiene e educação. E aqui quero ressaltar também a importância da vermifugação dos animais, para eliminar esse tipo de verme.

Nos humanos o tratamento adequado será prescrito pelo médico , incluindo pomadas e vermífugos de uso humano.

Qualquer dúvida , só entrar em contato comigo pelo blog ou pela fan page Isa Casline Veterinaria

Boa praia!!

Isadora dos Reis

Coluna Vida de Bicho

Formada em dezembro de 2001, pela Fundação de Ensino Octavio Bastos, em São João da Boa Vista. Especialização em clinica medica de pequenos animais e dermatologia veterinaria. Área de clinica médica e atendimentos personalizados em domicílio na zona norte  e central de São Paulo e também em Guarulhos.Contato: isacasline@gmail.com

 

Viajando com seu peludo de carro - Coluna Vida de bicho por Isador dos Reis Casline

 

Este é mais um post da série “posts de final de ano”.

Anteriormente eu falei sobre hotelzinho para animais, uma opção bem procurada para quem vai viajar e deixar seu animal sendo cuidado por pessoas responsáveis. Mas, tem aquelas pessoas que podem e não abrem mão de levar seu peludo junto nas viagens.

Hoje em dia já existem alguns hotéis que aceitam animais, para nossa alegria. E também pessoas que levam os companheiros tanto  para casas na praia, chácaras e etcs. E como proceder nesse caso? Algum cuidado especial?

Bom, primeiro deve se pensar na segurança deles. O certo é você tratar de levá-lo dentro de uma caixa de transporte, que tenha um espaço mínimo para ele ficar confortável e nunca solto no carro , pois isso pode claramente comprometer a segurança de todo mundo que está dentro do veículo, caso o animal se assuste por algum motivo e chegue a atrapalhar o motorista. Vende-se também em pet shops um cinto de segurança para cachorros , que você pode acoplar no cinto de segurança no carro e desta forma ele ficará seguro e protegido no banco de trás (indicado para cães de grande porte). Para gatos, o recomendável é mesmo a caixa de transporte. Fora que é proibido viajar com animais sem estarem sendo transportados adequadamente; você pode ser parado pelo policial rodoviário e isso gerará multa e pontos na carteira. O animal deve estar sempre viajando com a carteira de vacinação em dia, assim como com a vermifugação em ordem.

Lembrando que quem leva cachorros pra praia deve protegê-los contra o verme do coração que é transmitido por um mosquito litorâneo. Você também encontra esses produtos em lojas veterinárias.

Procurar nunca viajar com o animal em altas temperaturas do dia, para não ocorrer perigo de  hipertermia. Levar sempre água para oferecer durante o caminho, e fazer paradas para que o animal possa se exercitar um pouco. Existem ainda animais que sentem muitos enjôos andando de carro, e eu recomendo alguns medicamentos para que eles não sofram esse desconforto durante o percurso, mas o correto é não oferecer comida nem na hora, nem durante a viagem. Há ainda alguns calmantes fitoterápicos para os mais estressados ou ansiosos e devem ser dados dias antes da viagem.

Porque vermifugar os peludos? Vida de bicho por Isadora dos Reis Casline

Fazer a vermifugação do seu pet é uma coisa simples e muito necessária. Mas muita gente acaba esquecendo. Porque então devo me preocupar com a vermifugação, tanto de cães, como de gatos?

Quando filhotes, os vermes podem acarretar maiores prejuízos a saúde, já que fica comprometido o total aproveitamento de nutrientes, podendo levar o animal a presentar anemia, seguida de fraqueza, falta de apetite, queda de imunidade, podendo ser então uma porta de entrada à outras doenças. O filhote ainda pode apresentar vômito e diarréia, fortes dores abdominais e sendo a quantidade de vermes parasitando muito grande, o animal pode vir à óbito.

Em cães adultos, os vermes podem causar também apatia, pelos fracos, e todos os sinas acima citados, porém mais brandos.

Esses vermes podem parasitar o homem também, aumentando ainda mais a importância da vermifugação.

O esquema de vermifugação deve ser feito de acordo com a idade do animal. Quando filhote, devem ser vermifugados assim que desmamam e depois em datas alternadas com as vacinas . Quando adultos, podem ser vermifugados a cada seis meses ou um ano. E atenção para animais que tenham pulga, já que a pulga também transmite vermes. Além de dar o vermífugo, o animal também deverá receber tratamento antipulgas.

O médico veterinário será quem irá te orientar corretamente sobre quais vermifugos a serem dados e em quais datas devem ser dados.

Mais dúvidas, deixe um comentário aqui no blog, ou acesse a fan page Na casa do bicho- Isa Casline Veterinária

Isadora dos Reis

Coluna Vida de Bicho

Formada em dezembro de 2001, pela Fundação de Ensino Octavio Bastos, em São João da Boa Vista. Especialização em clinica medica de pequenos animais e dermatologia veterinaria. Área de clinica médica e atendimentos personalizados em domicílio na zona norte  e central de São Paulo e também em Guarulhos.Contato: isacasline@gmail.com

 

Posso dividir a ceia de Natal com meu peludo? Coluna Vida de bicho por Isadora dos Reis Casline

Não, pessoas, não pode!

Embora a intenção seja muito boa, os nossos amigos de quatro patas não estão acostumados as nossas comilanças festivas e alguns ingredientes podem intoxica-los, levando a ter sintomas como diarréias e vômitos.

Uma alternativa seria fazer uma comida natural, já divulgada por muitos sites sobre o assunto, usando alimentos preparados especialmente para eles, que não contenham conservantes, nem temperos fortes.

A carne branca, como chester ou peru, pode ser dada, desde que não tenha temperos.  O arroz branco também, seguindo a mesma linha. Frutas como banana,maçã, podem ser dadas. Estão cortadas as frutas cítricas.

Doces, como panetones, estão descartados da ceia deles. Na sua cidade, podem ter pet shops que vendam panetones feito exclusivamente para cães.

Alimentos gordurosos, como maionese e molhos também não podem ser dados,já que podem levar a uma gastrite aguda, gastroenterite ou mesmo pancreatite aguda, por isso esqueça o salpicão. Esqueça também a uva passa ( quem gosta de uva passa, afinal?)

Fique de olho também para que não seja dada nozes, macadâmias ou castanhas que também podem levar a intoxicações sérias.

Por fim, nem pense em oferecer bebidas alcoólicas!

Tenta todos esses cuidados com seu peludo e assim vocês dois terão um final de ano muito agradável e sem precisar recorrer rapidamente ao veterinário.

Isadora dos Reis

Coluna Vida de Bicho

Formada em dezembro de 2001, pela Fundação de Ensino Octavio Bastos, em São João da Boa Vista. Especialização em clinica medica de pequenos animais e dermatologia veterinaria. Área de clinica médica e atendimentos personalizados em domicílio na zona norte  e central de São Paulo e também em Guarulhos.Contato: isacasline@gmail.com