Marca especializada em jalecos lança coleção da Barbie

Dra. Cherie é a primeira marca de uniformes profissionais a mergulhar no universo da boneca mais famosa do mundo

dra_cherie_barbie_alta_4510.jpg

Barbie tem como um de seus princípios incentivar as mulheres a serem quem quiserem ser. Por isso, amamos as versões da boneca médica, veterinária, chef de cozinha, astronauta... Pegando esse gancho, a Dra. Cherie, marca de jalecos, acaba de lançar uma coleção inspirada na personagem! 

dra_cherie_barbie_alta_5198.jpg

A linha traz peças com modelagens confortáveis e tamanhos que vão do PP ao 3G e chega com cintos, botões metalizados, glitter... Tudo com as cores presentes no universo da Barbie e estampas retrô. O jaleco "Barbie Girl", destaque da linha, ganha versão infantil, para que as crianças também possam sonhar com o que querem fazer no futuro.

dra_cherie_barbie_alta_5413.jpg

Para complementar o guarda-roupa, a marca lança uma linha de toucas cirúrgicas temáticas, aventais e dólmãs para adultos e crianças. Demais, né?

dra_cherie_barbie_alta_5372.jpg
dra_cherie_barbie_alta_4712.jpg
dra_cherie_barbie_alta_5270.jpg

Fonte: https://revistaglamour.globo.com/Moda/Fashion-news/noticia/2019/01/marca-especializada-em-jalecos-lanca-colecao-da-barbie.html?utm_source=facebook&utm_medium=social&utm_campaign=post&fbclid=IwAR1CS-KCOxt5EuoHrCUdeVKl88hnleXxhFQYX8wdmKqlsvVi9c5za90UhFY

Você sabe o que significa vegetariano, vegano, crudívoro? Saiba a diferença entre eles!

Se a palavra "vegetariano" te faz pensar em um prato cheio de alface, essa matéria é pra você

comida7.jpg

A cada semana parece surgir um novo tipo de regime alimentar que é tendência no Instagram. É suco verde pra lá, tapioca pra cá, tem comida sem glútensem lactosevegana...não é toa que nos sentimos tão confusos com tantas nomenclaturas.

Nesse mundo de dietas com restrição de carne (ou seja, as vegetarianas), há um universo de hábitos e comidas diferentes! Há quem só se alimenente de frutas, quem não cozinhe os alimentos e até quem só coma alimentos fermentados. Descubra conosco essas novas (ou não tão novas assim) formas de comer. Uma coisa podemos garantir: dá vontade de experimentar um pouquinho de cada!

20633369_265933440575326_4498145830653394944_n.jpg

1. Alimentação onívora baseada em vegetais
O renomado chef francês Alain Passard acredita que uma alimentação ideal é composta basicamente por verduras, legumes, frutas, leguminosas e cereais, ou seja: alimentos que vêm da terra. É a alimentação onívora baseada em vegetais. De vez em quando, um queijinho, ovos ou carnes podem estar presentes na refeição, mas não de forma abundante. Inovador, Ducasse rompe com a ideia de que a estrela do prato deve ser uma carne. Em seus restaurantes, ele tem menus inteiramente vegetarianos. Em São Paulo, o restaurante Tuju, do chef Ivan Ralston, também aderiu ao menu de vegetais.

Existe também uma conscientização entre os onívoros de valorizar mais as partes miúdas da carne, como fígado, língua, testículos, tripas. A justificativa é que, nos supermercados e açougues, há muito desperdício e muitas carnes menos valorizadas vão para o lixo. Então, além de comer pouca carne, uma solução socioambiental pode se dar preferência às carnes preteridas.

20635373_1815793538732005_5585610324272218112_n.jpg

2. Alimentação sem carne
Não existe só um tipo de dieta vegetariana. A mais comum é a ovolactovegetariana, que costuma incluir alguns alimentos de origem animal, como ovos, leite e derivados, mel e outros produtos das abelhas. Todo tipo de carne, porém, é vetado. E isso inclui peixes e frutos do mar (peixe também é carne)!

Vegetarianos comem de tudo, só não comem carnes e coisas que não parecem carne, mas são. Quer um exemplo? Gelatina! A sobremesa é o colágeno da região óssea de animais. Uma boa substituição para a gelatina é o agar-agar, espécie de alga que, quando preparada, tem uma textura gelatinosa e, além de tudo, é saudável e pouco calórica. Um prato de comida típico vegetariano pode ser muito parecido com um carnívoro, pois a única diferença é a ausência de carne. Arroz, feijão, fritas, salada e omelete, por exemplo, são um bom exemplo de prato vegetariano.

22710552_124462898236395_5834839412373979136_n.jpg

3. Veganismo
Existe também o veganismo, conhecido também como vegetarianismo estrito. Na dieta vegana, qualquer derivado animal é proibido, até mesmo o mel de abelha! E o veganismo não é apenas uma dieta, mas um estilo de vida. Veganos não usam roupas e acessórios de couro, por exemplo, e também evitam produtos que foram testados em animais ou que, na cadeia de produção, animais foram machucados.

Hoje, mesmo pessoas que comem carne aderem a alguns hábitos de consumo veganos, principalmente quando o assunto é beleza e higiene. Cada vez mais, as marcas têm se preocupado em oferecer produtos mais éticos. É bem comum ver o selo cruelty free (livre de crueldade) em rótulos de shampoos, condicionadores e hidratantes, indicando que nenhum animal sofreu durante a fabricação daquele produto. A ONG estadunidense PETA, voltada à proteção animal, sempre divulga uma lista atualizada de marcas que realizam e também das que não realizam testes em animais.

Alguns veganos vão mais longe e não comem alimentos oriundos de agricultura convencional. A justificativa é de que os agrotóxicos matam alguns animais, assim como o maquinário agrícola, que não mata só insetos, mas também pequenos roedores. Além disso, para se fazer uma plantação de cana, por exemplo, muitas árvores e matas fechadas são desmatadas. Isso faz com que a fauna local fique sem abrigo e alimento, correndo risco de extinção. Mais um ponto para os veganos que optam por alimentos vindos de agricultura familiar, com um impacto bem menor.

22344267_1866077480369525_7129472757321957376_n.jpg

4. Crudívoros: alimentos crus ou "raw food"
Já ouviu falar em crudívoros? Eles são veganos que só comem alimentos crus. Nesse caso, eles vão além da ética e pensam também nos ganhos de saúde. Ficou confusa? A gente explica: alguns nutricionistas acreditam que comidas cruas são mais saudáveis do que as cozidas por conterem enzimas importantes para o nosso organismo. Outro argumento crudívoro é que o cozimento faz os alimentos perderem nutrientes, logo, para aproveitá-los ao máximo, deveríamos ingerir os alimentos como eles vêm ao mundo.

À essa altura, você deve estar imaginando que crudívoros só comem salada, né? Pois não é nada disso! Um exemplo de alimento crudívoro é um prato mexicano que você provavelmente adora: guacamole, feito com abacate, tomate, cebola, coentro... Hmm, deu água na boca? Então pense também em tabule, em vitaminas e smoothies cremosos,em açaí... Ufa! Sim, crudívoros também são felizes.E se você pensa que os crudívoros não comem feijão, está enganada. Eles comem grãos, sementes e castanhas germinados em forma de brotos. Entre os grãos que podem ser comidos crus e germinados estão a lentilha, o grão de bico, a chia, a linhaça, o trigo, o painço... De acordo com os crudívoros, os brotos são alimentos vivos, por isso temos mais energia quando os consumimos. Já existem até alguns restaurantes crudívoros espalhados por aí. Em São Paulo, a Casa Raw serve lasanha crua de abobrinha e até uma pizza crua, com queijos feitos de castanhas. Haja talento!

Além da germinação, os crudívoros têm outro jeito um tanto excêntrico de preparar os alimentos: a fermentação. Isso mesmo! Esse é o modo que eles encontraram de "cozinhar" os alimentos sem levá-los ao fogo, preservando e até aumentando suas propriedades nutricionais. Exemplos de alimentos fermentados são o chucrute, tradicional iguaria Alemã, e o picles, que geralmente é preparado com pepino, cenoura e nabo, mas pode incluir diversos vegetais. Esses alimentos são probióticos, ou seja, cheios de bactérias do bem que aumentam a imunidade e aprimoram a flora intestinal. E ainda são democráticos: você pode incluí-los em sua rotina mesmo não sendo vegana.

22794177_1741382512834166_1525434665412853760_n.jpg

5. Frugívoros: fruta e umas “cositas más”
Mas, como você ter percebido, sempre há alguém mais radical. Aqui, não é diferente. Entre as pessoas que comem só coisas cruas, há os frugívoros - e não, eles não se alimentam só de frutas. Esses são os frutarianos, que só se alimentam de frutas já maduras após caírem do pé.

Frugívoros comem quase tudo o que um crudívoro come, menos cereais, castanhas e leguminosas. Eles comem basicamente frutas, folhas e verduras, que são também a base da alimentação de outros primatas, como os chimpanzés. A ideia dos frugívoros é fazer uma dieta paleo, só que sem a carne.

Fonte: https://revistaglamour.globo.com/Lifestyle/noticia/2017/11/vegetariano-vegano-crudivoro-saiba-diferenca-entre-eles.html?utm_source=facebook&utm_medium=social&utm_campaign=post&fbclid=IwAR2LrVpFWarHjcOY_qiXcUkAh_shXjkuwf7fnnqdRjJfWmWTveRiILOHTNQ










A Disney está vendendo agora sorvetes Boozy Pops que contêm mais álcool do que um copo de vinho

Não é nenhum segredo que você pode encontrar toneladas de guloseimas saborosas na Disney Springs, mas a última sobremesa gelada do Restaurante Paddlefish no Walt Disney World Resort realmente é de se superar.

5bb3968501145507f21e84b2-960-720.jpg

 

O Walt Disney Resort anunciou na quarta-feira que o restaurante servirá agora como aperitivos alcoólicos (você sabe, como os que tem como tema os Flintstones que você teve quando criança, mas para adultos) do Buzz Pop Cocktails, de acordo com a People.

 

É claro que esses picolés alcoólicos têm mais sabores e embalagens para adultos do que os que você lembra. Eles vêm em oito sabores - incluindo maracujá, manga, martini de limão e romã - todos feitos com frutas frescas e rum.

 

O CEO da Buzz Pop Cocktails disse à People que o sabor sorbet White Russian, entre outros, estarão disponíveis neste inverno. Então, a qualquer hora é um bom momento para sorvete.

 

Boozy Pops estão se tornando bastante fáceis de encontrar na Disney, especialmente desde que o parque começou a permitir que o álcool seja servido em restaurantes no Reino Mágico.

Fonte: https://www.thisisinsider.com/alcoholic-push-pops-at-disney-springs-2018-10?utm_content=buffer3d1aa&utm_medium=social&utm_source=facebook.com&utm_campaign=buffer&fbclid=IwAR2HRN3xwVrZ0fc9TQI1F0EPyPXNzoJJTpZrhXCovthFTgdVzzXqRr47DPU

 

Cândido Ferreira e Armazém das Oficinas promovem feijoada solidária para melhorias no atendimento da rede de saúde mental de Campinas

No próximo dia 02 de fevereiro, sábado, a partir das 12 horas, o Serviço de Saúde Dr. Cândido Ferreira em parceria com o Armazém das Oficinas realizará a Primeira Feijoada Solidária no Verão do Candinho, evento beneficente que tem por objetivo arrecadar fundos para promover melhorarias físicas em sua sede e consequentemente no atendimento da rede de saúde mental de Campinas.

Cartaz.png

O objetivo é reunir 300 pessoas neste evento, para a compra de um equipamento de ar condicionado melhorando climatização do auditório do prédio principal, que abriga até 100 pessoas. A renda proveniente ds locações deste espaço será destinada para melhorias no atendimento da saúde mental, como reformas dos CAPS, compra de equipamentos, entre outras benfeitorias.
O som ficará por conta do grupo Samba de Gaveta, que não cobrou cachê e está realizando uma série de shows voluntarios por cidades da região metropolitana de Campinas.

POST 1.png

O evento contará com uma série de atividades, para adultos e também para crianças. Além de um amplo jardim para relaxar em família, haverá recreadores para entreter as crianças e também brinquedos infantis. A loja dos produtos de decoração do Armazém das Oficinas estará aberta durante todo o evento recebendo a visitação dos convidados.
O cardápio não poderia estar melhor: será servida uma deliciosa feijoada completa com pertences separados, além de uma opção de feijoada vegana, preparada totalmente em separado, seguindo os princípios do veganismo. Também serão servidas caipirinhas de várias frutas, cervejas, refrigerantes e água. Um evento para todos os públicos que marcará o calendário beneficente de nossa cidade.

A Primeira Feijoada Solidária será realizada no próprio espaço da sede, na rua Helena Fabrini, s/n, Sousas-Campinas/SP, no prédio principal da instituição, que não possui mais leitos de internação, e, com novas benfeitorias passará a locar seus espaços para gerar renda.
Não perca esse grande evento, adquira já seu convite; adultos (R$ 80,00 reais); crianças de 05 a 11 anos completos (R$30,00 reais); bebidas e doces à parte. Toda a renda será revertida ao Serviço de Saúde Dr. Cândido Ferreira.

Sobre o Cândido Ferreira
Há 95 anos o Cândido Ferreira é responsável pelo tratamento de pessoas de baixa renda com transtornos mentais ou dependência química na cidade de Campinas. Sempre realizando os atendimentos de forma gratuita, o  Serviço de Saúde Dr. Cândido Ferreira é referência no tratamento de saúde mental no Brasil reconhecido pela Organização Mundial da Saúde desde 1993 e promove cerca de 6.000 atendimentos/mês.

Recentemente a sede do Cândido Ferreira sediou o evento Mostra + Sustentável, passando por uma importante reforma que revitalizou 48 ambientes por meio de criativas intervenções de renomados arquitetos de Campinas e região.

O prédio, após a reforma, será ressignificado e servirá para locações comerciais visando a geração de renda para proporcionar melhor atendimento em toda a rede de saúde pública de Campinas, incluindo 11 CAPS (Centro de Atenção Psicossocial), 20 Residências Terapêuticas, 5 Centros de Convivência, 2 Núcleos de Oficinas e Trabalho e 1 Consultório na Rua Itinerante.


Serviço:

Feijoada Solidária no Serviço de Saúde Dr. Cândido Ferreira

Data: 02 de fevereiro
Horário: a partir das 12 horas
Local: Rua Helena Fabrini, s/n, Sousas-Campinas/SP
Valores (Feijoada completa com pertences separados e Feijoada Vegana): Adulto (R$80,00 reais); Crianças de 05 a 11 anos completos (R$30,00 reais); bebidas e doces a parte.
Atrações: Show com Samba de Gaveta e recreações para crianças.

 

Bazar de Verão no Royal Palm Plaza de Indaiatuba

Dia 16 de fevereiro, das 11h00 às 16h00, o Royal Palm Indaiatuba te espera!

49480f48-5614-47a2-b13b-bb5afb897bbc.JPG

Organizado por Raquel Baracat, acontecerá um Bazar de Verão com várias marcas e produtos de Campinas e região.

Além disso, o Restaurante Simetria, com sua tradicional feijoada preparada pelo Chef Ricardo Cleto, terá um valor super especial de R$ 49,00, incluso duas caipirinhas por adulto pagante para os visitantes.

Marcas participantes do Bazar: WindK, Bolsa Pink, Ligia Testa, L´Atlantic, Kap33, Ateliê Denise Pinheiro, Marcia Mello, Mercado da Juana, Mônica Fraga, Bolo Pedido é Bolo Feito, Morena Pê, Empório Pine, É Fit Sim, Shoplar - Polishop.com.vc, Chalkeando, Meer e Amo Sapato.


Para a LBV, proteger a infância é acreditar no futuro, você financia mais do que um caderno!

Iniciativa beneficiará crianças e adolescentes de famílias em situação de vulnerabilidade social

Anúncio CN10_19x9cm_3.jpg

 

A Legião da Boa Vontade (LBV) iniciou mais uma importante campanha de mobilização social em apoio à educação brasileira: Criança Nota 10 — Proteger a infância é acreditar no futuro! A iniciativa visa angariar doações e entregar no início do ano letivo, 19 mil kits de material pedagógico para crianças e adolescentes atendidos pela Instituição e por organizações parceiras nas cinco regiões brasileiras.

 

Os kits são compostos por itens como mochila, cadernos, lápis, régua, canetas, estojo, dicionário entre outros. A campanha tem como objetivos principais auxiliar os pais que não dispõem de recursos financeiros para a compra do material escolar e motivar crianças e adolescentes a frequentar a escola e a continuar os estudos. Para a realização da campanha, a LBV conta com a solidariedade do povo e de seus colaboradores, voluntários, amigos e parceiros e o apoio imprescindível dos meios de comunicação para a divulgação dessa ação solidária.

 

As doações podem ser feitas no site www.lbv.org ou pelo tel. 0800 055 50 99. Outras informações ainda podem ser obtidas acessando as páginas oficiais da LBV no Facebook, no Instagram e no Youtube, por meio do endereço “LBVBrasil”.