Brasileiros precisarão de autorização para viajar para países da União Europeia - Coluna Entretenimento por Milena Baracat

Saiba quais países são.

O Parlamento Europeu aprovou um novo sistema de vistos de entrada para turistas na União Europeia, que entrará em vigor a partir de 2021. Os brasileiros estão entre as 62 nacionalidades que eram isentas de visto, mas que agora precisarão de autorização prévia para viajar.

foto 1.jpg

O objetivo do Sistema Europeu de Informação e Autorização de Viagem (Etias - European Travel Information and Authorisation System, em inglês) é a segurança interna e o reforço das fronteiras externas da UE.

foto 2.jpg

O novo sistema deve contribuir para identificar e reduzir crimes e atos terroristas, além de impedir a migração irregular, diminuir tempos de procedimento de entrada nos países e melhorar a gestão das fronteiras.

FOTO 3.png

Como vai funcionar

A autorização individual será emitida pela internet, mediante o preenchimento de um formulário e o pagamento de 7 euros (cerca de R$ 32). Menores de 18 anos e maiores de 70 não precisarão pagar a taxa.

FOTO 4.png

No momento do preenchimento é importante ter o passaporte em mãos, além de uma foto digitalizada. O formulário irá exigir nome, data de nascimento, nacionalidade e histórico de viagens. Além disso, também vai exigir histórico criminal. Condenações por terrorismo, exploração sexual, tráfico, estupro ou assassinato podem levar à reprovação do turista.

É esperado que uma pessoa leve cerca de 20 minutos para preencher toda a ficha cadastral. A autorização terá validade de três anos, ou seja, a pessoa pode viajar várias vezes para a Europa nesse período usando a mesma autorização.

FOTO 5.png

Segundo a União Europeia, se o sistema não encontrar nenhum indício de que o turista apresenta um risco ao continente, um Etias será emitido em apenas alguns minutos. Caso, no entanto, o processo tenha que passar por uma avaliação manual, deve levar de 96 horas a duas semanas.

Se tiver um pedido negado, será possível recorrer pedindo esclarecimentos adicionais sobre uma recusa ou até mesmo uma entrevista.

Para quais países será necessário obter uma autorização prévia?

A autorização é exigida pelos países que fazem parte do chamado Espaço Schengen - área de circulação livre na Europa. Esses países são: Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Polônia, Portugal, República Tcheca, Suécia e Suíça.

Se um turista vai viajar para mais de um país do Espaço Schengen, basta ter a autorização para o primeiro território em que irá. A partir de então, a circulação torna-se livre.

IMPORTANTE: Se estiver na Europa só de passagem, também é preciso a autorização. O sistema funcionará para pessoas que pretendem ir a países europeus por outros motivos, como escalas e questões médicas.

foto 6.jpg

A Bulgária, Romênia, Chipre, Irlanda, Reino Unido e a Croácia estão fora do espaço Schengen, por isso não será exigida a autorização prévia para turistas que pretenderem ir para esses lugares.

foto 7.png

FONTE: Revista Exame / G1 / Uol / Agência Brasil. Imagens: Reprodução

Milena.jpg

Milena Baracat

Coluna Entretenimento

Coluna Esportes

Formada em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas).  Atualmente atua com profissionais  no desenvolvimento, tratamento de acervos, informatização e tecnologia da informação aplicada para bibliotecas particulares e privadas.

Vinho em lata brasileiro - Coluna Entretenimento por Milena Baracat

Desde 2009 o vinho em lata é vendido nos Estados Unidos e seu consumo vem crescendo gradativamente e ganhando o mercado internacional, tanto no número de produtores quanto de países a entrarem na onda.

Países como Espanha, Itália, França, Austrália, Nova Zelândia e Chile já́ produzem variedades desses vinhos. Por aqui é possível comprar em lojas virtuais como a Barokes Wines.

FOTO 1.jpg

(Foto Reprodução: vinho em lata da vinícola australiana Barokes).

A maioria dos vinhos enlatados é simples, fresco, fácil de beber e barato -- uma lata de 250 ml, nos Estados Unidos, custa, em média, 5 dólares. Mas já existem versões “premium” disponíveis no mercado, como o da linha Diamond Collection da californiana Coppola - propriedade do diretor de cinema Francis Ford Coppola e do francês Château de l’Ille Andreas. Lançado pela Winestar é produzido na região do Languedoc com a denominação Corbières AOC.

FOTO 2.jpg

(Foto Reprodução: vinho em lata premium Corbières AOC.).

No Brasil chegou há apenas dois meses, quando a vinícola artesanal Giaretta, em Guaporé, na Serra Gaúcha, lançou seus espumantes enlatados.

O público alvo são jovens, de 21 a 35 anos, que na sua maioria ainda considera a bebida elitista, para pessoas mais velhas ou ocasiões especiais.

Perfeito para uma praia ou eventos de rua, como Carnaval, a versão nacional, OvniH – Objeto Vinífero Não Identificado, vem em três versões: branco, rosé brut e moscatel, esse último mais adocicado. Parceria da AVR (Águas vão rolar) com os cervejeiros Micael Eckert e Rafael Rodrigues, são leves, refrescantes e tem rótulos moderninhos. Cada lata custa R$ 11,90 no site da vinícola.

foto 3.jpg

Ainda que muita gente torça o nariz, a ideia de pegar um sol e poder beber um branco, rosé ou espumante geladinho, leve e fácil de transportar (a embalagem é inquebrável, hermética, fácil de abrir, mais barata, gela mais rápido e à prova de luz, o que garante proteção ao sabor e aroma da bebida) me encanta e, diga-se de passagem, tem tudo a ver com o nosso clima.

Crédito: Boa de Copo. Fotos / Reprodução.

Milena.jpg

Milena Baracat

Coluna Entretenimento

Coluna Esportes

Formada em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas).  Atualmente atua com profissionais  no desenvolvimento, tratamento de acervos, informatização e tecnologia da informação aplicada para bibliotecas particulares e privadas.

HyperAdapt 1.0 - tênis de R$ 3,5 mil da Nike amarra sozinho - Coluna Entretenimento por Milena Baracat

Em 2016 foi criado o Nike Air Mag, um modelo funcional inspirado no filme "De volta para o futuro 2", de 1989.

Na época foi vendido apenas em um leilão no site Ebay para arrecadar fundos para pesquisa do Mal de Parkinson, da Fundação Michael J. Fox.

foto 1.jpg

(Foto: Divulgação/Nike do Nike Mag, tênis de Marty McFly em 'De volta para o futuro 2', que ganhou réplica totalmente funcional em 2016)

O ator que interpretou Marty McFly no filme em questão, foi diagnosticado com a doença em 1990 e, em uma entrevista, comentou sobre a dificuldade de amarrar seu tênis divido à doença. Hoje, um par do Nike Mag pode custar até US$ 45 mil em mercados de venda de tênis.

foto 2.jpg

Agora foi lançado o HyperAdapt 1.0, que é um modelo mais cotidiano da linha funcional da Nike Air Mag e para o público em geral.

Quer dizer... nem tão geral assim. A edição é limitada e o preço também é para poucos: R$ 3.499,90. E lá fora a situação também não é fácil: US$ 720.

foto 3.jpg

(Imagem / Reprodução Twitter: B/R Kicks - @brkicks )

O alto custo está na tecnologia que o faz amarrar “sozinho”. Ele dispõe de um sistema de cadarços internos e um sensor de pressão na sola. Ao colocar os pés no calçado, os cadarços são apertados de acordo com uma “equação algorítmica de pressão”, sendo possível ajustá-los por meio de um par de botões (+ e -).

foto 4.jpg

O calçado conta com LEDs que indicam o nível de bateria do tênis (uma luz acende no calcanhar e, outra, na região da bateria).

foto 5.jpg

Segundo a Nike, a recarga leva cerca de três horas e a autonomia do HyperAdapt 1.0 é de aproximadamente duas semanas. Um suporte magnético, como aqueles vistos na recarga de smartwatches, é responsável pelo processo.

foto 6.png

Fonte: Nike/ Fotos Reprodução

Com design assinado por Tinker Hatfield, o modelo é unissex. Vale lembrar que o tênis é da linha casual da marca (pelo menos por enquanto). Então, não deve ser utilizado para a prática de esportes em quadra nem corrida.

Abaixo, confira um vídeo produzido pela Wired para apresentar o HyperAdapt 1.0.

Fonte: Nike/ Fotos Reprodução

Milena.jpg

Milena Baracat

Coluna Entretenimento

Coluna Esportes

Formada em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas).  Atualmente atua com profissionais  no desenvolvimento, tratamento de acervos, informatização e tecnologia da informação aplicada para bibliotecas particulares e privadas.

 

Fonte: Nike/ Fotos Reprodução

 

 

 

Marco Pigossi será par romântico da esposa de “Thor” em série australiana- Coluna Entretenimento por Milena Baracat

O ator brasileiro Marco Pigossi está no elenco de 'Tidelands', a primeira série australiana da Netflix.

foto 1.jpg

As gravações já começaram na Ilha North Stradbroke, onde ele foi flagrado recentemente pela mídia internacional gravando cenas quentes com Elsa Pataki, atriz de Velosos & Furiosos e esposa do Thor do cinema, o ator Chris Hemsworth.

foto 2.jpg

A série é um drama policial sobrenatural, cuja trama gira em torno da jovem Cal Mc Teer, que volta para o pequeno vilarejo pesqueiro onde vivia, após 10 anos presa na detenção juvenil.

Quando corpos de pescadores começam a aparecer na praia, Cal tenta resolver o caso, mas o local está cercado de segredos e mistérios, sendo o maior deles um grupo de sereias que vivem escondidas em uma parte da baía, também conhecidas como 'Tidelanders'.

foto 3.png

Pigossi, de 29 anos, fala inglês fluente e na série faz par romântico com a Elsa Pataky, 41 anos, cuja personagem é Adrielle Cuthbert, a líder enigmática e inteligente das sereias de Tidelands. Sites de fofoca internacionais comentam a enorme “química” entre eles.

Mulher de sorte essa, heim?!

foto 4.jpg
foto 5.jpg
foto 6.jpg

A produção é composta por oito episódios de 50 minutos e estreia ainda este ano.

Marco Pigossi encerrou contrato com a Globo no mês de abril. Agora ele só retorna à emissora por meio de contratos por obra.

 Fonte e Fotos / Reprodução: Daily Mail.

Milena.jpg

Milena Baracat

Coluna Entretenimento

Coluna Esportes

Formada em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas).  Atualmente atua com profissionais  no desenvolvimento, tratamento de acervos, informatização e tecnologia da informação aplicada para bibliotecas particulares e privadas.

Coloque um ramo de eucalipto no seu chuveiro - Coluna Entretenimento por Milena Baracat

O eucalipto tem um aroma agradável e calmante. Dá a sensação de frescor, alivia o stress e relaxa.

foto 1.jpg

Ainda que não seja cientificamente comprovado que o eucalipto cure, algumas áreas da medicina alternativa garantem que a árvore pode ter mais efeitos sobre o corpo, aliviando até sintomas de dor de cabeça e muscular.

Portanto, coloque um ramo de eucalipto no seu chuveiro e garanta uma boa sessão de aromaterapia.

foto 2.jpg

A combinação do vapor mais eucalipto libera a substância eucaliptol, que deixa as secreções mais fluidas provocando a sensação de alívio do nariz e do pulmão na hora de respirar. Excelente para o tempo seco e frio do inverno. Além, é claro, do aroma gostoso que exala.

Milena.jpg

Milena Baracat

Coluna Entretenimento

Coluna Esportes

Formada em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas).  Atualmente atua com profissionais  no desenvolvimento, tratamento de acervos, informatização e tecnologia da informação aplicada para bibliotecas particulares e privadas.

Saiba o que cada ciclo de sono pode revelar sobre o seu estado físico e emocional - Coluna entretenimento por Milena Baracat

Saiba o que cada ciclo de sono pode revelar sobre o seu estado físico e emocional

É fascinante como o corpo é capaz de enviar sinais diferentes sobre o nosso estado físico, emocional e espiritual, por isso é importante que cada um de nós aprenda a ouvir e conhecer estes sinais.

foto 1.jpg

Segundo a medicina tradicional chinesa, a hora em que você se deita ou acorda pode estar mandando mensagens de advertência que não devem ser ignoradas:

1. Se você tem problemas para dormir entre 21h e 23h

Isso pode ser um sinal de estresse. Por isso, é recomendável que você faça uma alimentação leve no jantar e tente relaxar antes de se deitar.

2. Se você acorda no meio da noite, entre 23h e 1h

Pode significar alguma decepção emocional. Segundo a medicina tradicional chinesa, este é o momento em que a vesícula biliar está ativa, portanto tente perdoar e aceitar a si mesmo.

3. Se você acorda de madrugada, entre 1h e 3h

Pode significar que você tem acumulado muita raiva. Esta energia está associada ao fígado, então se isso acontece com muita frequência beba um copo de água fria e tente relaxar.

4. Se você acorda de madrugada, entre 3h e 5h

Este momento da manhã está relacionado com os pulmões e a tristeza. Você pode orar e fazer exercícios de respiração para voltar a dormir.

5. Se você acorda de manhãzinha, entre 5h e 7h

Pode significar que você tem bloqueios emocionais. Neste momento a energia do intestino está ativa e significa que você tem muitas emoções bloqueadas. Tente alongar seus músculos ou ir ao banheiro.

foto 2.png

Fonte: Por Fãs da Psicanálise. Fotos: Reprodução

Milena.jpg

Milena Baracat

Coluna Entretenimento

Coluna Esportes

Formada em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas).  Atualmente atua com profissionais  no desenvolvimento, tratamento de acervos, informatização e tecnologia da informação aplicada para bibliotecas particulares e privadas.

Quanto você precisa correr para queimar a junk food que mais gosta? Coluna Entretenimento por Milena Baracat

A empresa polonesa Fit Talerz realizou um estudo (publicada em 2015, mas que viralizou recentemente), que mostra de forma visual e prática a equivalência entre calorias e exercícios físicos.

As fotos são ótimas para mandar em seu grupo de corrida do Whatsapp, principalmente para os amigos que acompanham você nas jacadas! (rs)

Confira o levantamento surpreendente e prepare seus tênis para rodar bastante:

foto 1.jpg
foto 2.jpg
foto 3.jpg
foto 4.jpg

Fonte: Fit Talerz. Fotos Reprodução:Facebook

Milena.jpg

Milena Baracat

Coluna Entretenimento

Coluna Esportes

Formada em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas).  Atualmente atua com profissionais  no desenvolvimento, tratamento de acervos, informatização e tecnologia da informação aplicada para bibliotecas particulares e privadas.